Saímos de Timisoara e rumámos para a Hungria, apenas uma passagem para a nossa viagem de moto, não havia tempo para parar, infelizmente. Passamos a 5 km de Budapeste, mas era impossível parar. A etapa era muito grande, cerca de 800 km.

A 10 etapa foi - Um risco na parede. Saímos de Liubliana e tínhamos uma etapa com cerca de 1100 km até Marselha na França. As distâncias nos últimos dias não foram fáceis. O percurso foi feito pelo norte de Itália até Gênova, passando perto de Veneza.

Saímos de Marselha e arrancamos para Saragoça. Mais uma grande etapa. Nos últimos dias de retorno da viagem de moto pelo Leste Europeu percorremos entre 800 a 1000 km por dia. Arrancamos direito a Barcelona e chegamos na altura mais imprópria: atravessar Barcelona em hora de ponta é um desafio.

Pagina 2 de 2
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela Europa

Viagem de moto pelos Alpes

Em junho passado um grupo formado por nove motociclistas brasileiros acompanhados por suas esposas...

Uma viagem de moto pelo interior da Alemanha, Áustria e Itália

Estranha essa sensação de sentir o coração batendo um pouquinho mais rápido, um friozinho no...

Rolé pela Itália

O motociclista carioca Filipe C. fez entre os dias 19 de abril e 4 de maio passado uma viagem de...