Expedição Mendoza

Finalmente mais um dia de descanso para podermos relaxar e passear. É uma pena que essas férias não possam ser estendidas por mais dias, pois além do tempo necessário para viajar com nossas Harleys pelas estradas, faltam dias para conhecermos melhor tantos lugares imperdíveis.

Bem em frente ao nosso hotel, o Vulcão Villarrica já parecia em paz, sem expelir qualquer fumacinha, provavelmente satisfeito com a nossa visita. Em torno de 08h30, partimos da linda Pucón no Chile, que para alguns de nós se assemelha muito aos ambientes arquitetônicos bonitos e de bom gosto de Búzios.

Ontem à tarde, durante a nossa chegada ao hotel, fomos recepcionados pela garotada da cidade, que ficou extasiada com as Harleys. Enquanto conversávamos com os meninos, muito simpáticos e educados, chegou um grande ônibus de excursão de velhinhos argentinos, que foram contagiados pelo ambiente de confraternização e pelo Rock'n Roll que rolava no rádio da Harley-Davidson do Corè.

De manhã cedo, os amigos de idade mais avançada que chegaram no ônibus de turismo – segundo eles mesmos - acordaram mais cedo do que o de costume e ficaram esperando em frente ao hotel apenas para nos ver partir. Recebemos a gentileza como uma pequena homenagem de pessoas que aprenderam a importância do movimento e do respeito às próprias limitações sem abrir mão da liberdade.

Partimos com a chuva, que nos acompanhou até próximo a Buenos Aires, quando finalmente precisamos realmente colocar a capa de chuva por alguns poucos quilômetros. Nesse trajeto, com a aproximação da Capital Federal Argentina o trânsito de caminhões começou a crescer, exigindo cuidados nas ultrapassagens.

Logo cedo seguimos para Puerto Madero, onde ocorre o embarque no buquebus. Muitas filas para a realização dos trâmites da documentação e logo estávamos embarcando as motos para a travessia do Rio da Prata, de Buenos Aires até Colônia del Sacramento, no Uruguai. Foram 3 horas de travessia que deram para um bom cochilo da rapaziada.

Página 2 de 3

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.