Meu retorno para BH será através de Curitiba, aumentando em mais de 150 km o percurso em relação à ida, mas terei a oportunidade de passar por uma outra rota e conhecer Curitiba.

A estrada não está ruim, mas a maior parte é de pista simples, muito movimentada principalmente por caminhões e com poucos pontos de ultrapassagem, o que tornou a viagem mais lenta e cansativa.

Logo cedo fui para Curitiba para conhecer alguns dos seus pontos turísticos. Rodei bastante de moto pela cidade. O que mais me chamou a atenção foi o Jardim Botânico, com sua estufa de ferro e vidro que é realmente muito bonita, e os jardins muito coloridos.

Saí cedo de Campo Largo, cidade próxima a Curitiba onde estava hospedado. Tive alguma dificuldade para achar a BR 116 devido sinalização precária. Mas logo estava em viagem. O sentimento é de que a viagem está chegando ao fim. Já; estou com saudades.

A viagem fechou com chave de ouro no último dia. Antes de pegar estrada em direção a Belo Horizonte, encontrei com os amigos do Fórum Biduzidos no Shopping Serrazul, um conjunto de lojas que fica sobre a Rodovia dos Bandeirantes e é ponto de encontro dominical dos motociclistas paulistas. A turma compareceu em peso ao encontro, onde tive a oportunidade de rever velhos amigos e conhecer novos.

Uma grata surpresa foi a Revista HOG Enthusiast nº 2 de 2009. Eu havia enviado um e-mail com uma foto da minha viagem de moto até o Deserto do Atacama para a revista e saiu naquela edição da revista americana e em uma página inteira.

Pagina 3 de 3