Após um café reforçado fomos para o Poço Azul, aonde os primeiros que chegam podem ficar muito tempo. Quando mais pessoas chegam é permitido permanecer no local apenas 20 minutos. Ela ficou encantada e agradecida, ficou maravilhada com o Rio Pratinha e com o Poço Azul.

Logo cedo daquele sábado deu um barulho na roda da moto. Pensei que fosse rolamento. Fui até uma loja de motos e, para minha surpresa, o cubo quebrou. Rodamos a noite anterior toda com aquele problema e nada aconteceu. Gastei 250 reais com o cubo, rolamento, pastilha de freio e mão de obra.

Pagina 4 de 4
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pelo Brasil

Paraty - a revisão da moto

Agora é que são elas. Vamos começar a revisão! Retirei o cabeçote e vi que o serviço foi bem...

Pelos caminhos do Ostrascycle

Entre os dias 21 e 30 de março, eu e dois amigos do Moto Grupo Motobelle Adventure fizemos uma...

Viagem de moto até Urubici (SC)

Domingo, 31 de janeiro, ainda não havia realizado nenhum passeio em 2011 até esta data. Festas de...