Depois de oito meses e meio na estrada, atravessar cinco continentes e percorrer mais de 64000 quilómetros termina a aventura para um grupo de ambiciosos viajantes. A empresa galesa de expedições em moto, GlobeBusters, partiu da Áustria em novembro e liderou um grupo de motociclistas através da Europa, África, América do Sul e América Central, Austrália é Ásia.

Desde 1991, o geógrafo, motociclista, aventureiro e especialista em desertos Michael Martin usa os modelos BMW GS em suas viagens de longa distância. Ao longo dos anos, suas motos o levaram através de desertos da Ásia, Austrália e Américas.

O britânico Tim Hull tem 41 anos, é designer de jogos de computador e está há cinco anos na estrada, em uma viagem de volta ao mundo de moto, durante a qual buscará escrever, desenhar, fotografar e filmar um diário de sua missão que é construir um mapa cartográfico dos jogos antigos e modernos no mundo e, no final, pretende transformar sua aventura em um livro e série de TV.

O bielorrusso Vladimir Yarets tem 69 anos e é a primeira pessoa surda e muda com determinação e coragem para realizar um feito: uma viagem de volta ao mundo em uma moto. Ele já passou por 69 países, incluindo o Brasil em maio de 2010, e já percorreu mais de 302.000 km de estradas dos cinco continentes.

O casal australiano Peter e Kay Forwood realizou uma viagem de quinze anos ao redor do mundo sobre uma Harley-Davidson Electra Glide Classic ano 1994 de 1340 cc. A jornada começou na Austrália dia 03 de fevereiro de 1996 e concluiu em outubro de 2011.

"64 meses na estrada, lutando contra todas as adversidades." Esta é uma das muitas frases fortes que aparecem no site do motociclista Gustavo Cieslar e sua companheira Elke Jeannette Pahl, ele argentino e ela alemã. E a história deles é muito interessante.

Página 2 de 2

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.