Entrar

Expedição Altiplanos Andinos

Viagem de moto San Pedro de Atacama

12º dia - San Pedro de Atacama - San Salvador de Jujuy

Partimos cedo para continuar nossa viagem de moto, agora em direção a Jujuy, saindo do Deserto do Atacama. Nessa manhã, subiríamos novamente os Andes e atravessaríamos o Paso Jama. O Paso Jama é uma passagem através da Cordilheira dos Andes entre o Chile e a Argentina, a uma altitude de cerca de 4.300 m na fronteira. É a fronteira setentrional entre os dois países. A passagem é alcançado através da Ruta 27 (Chile) e a Ruta Nacional 52 (Argentina). A Ruta 27 atinge uma altitude de 4.810 m 100 km a oeste da fronteira.

Viagem de moto pela Argentina

13º dia - San Salvador de Jujuy - Corrientes

Neste dia, nossa viagem de moto teria uma tocada pesada pelas estradas da Argentina, viajaríamos até Corrientes, por um trecho de mais de 900km. Para variar, grupo grande e saída atrasada. Partimos após as 9 horas e abastecemos na saída de Jujuy. A partir desse momento iniciaram nossas dificuldades para abastecimento, pois quase ninguém tinha pesos. Emprestei ao Mateus valor para abastecimento e troquei alguns pesos com Vitor.

Viagem de moto pela Argentina

14º dia - Corrientes - Posadas

Na manhã seguinte, aproveitamos para tentar comprar os pneus para a minha moto e do Rui. Numa das lojas indicadas, fomos informados que pneus específicos para nossas motos, somente em Resistência. Partimos para lá e conseguimos comprar por preço não muito diferente do Brasil e, ao retornar, já estava no horário de partida para Posadas. Foi o tempo de descer com as roupas, subir na moto e partir.

Viagem de moto pela Argentina

15º e 16º dias - Puerto Iguazu

A estrada na direção de Puerto Iguazu encontra-se grande parte em obras e quase todos os trechos percorridos estão "fresados" (com frisos efetuados por máquina para novo asfaltamento). Para as motos, a pilotagem inclui um certo risco pois em alguns locais, além do desconforto, isto ocasiona um certo descontrole.

Viagem de moto pelo Brasil

17º dia - Puerto Iguazu - Curitiba

Restamos então quatro casais e partimos sábado pela manhã para Curitiba. A viagem estava rendendo bem e, próximo a Curitiba, algo soltou junto à descarga de minha moto. Começou um barulho e pensei comigo em levar a moto na Boeing Marcas, representante KTM no Paraná.

Viagem de moto pelo Brasil

18º dia - Curitiba - Macaé

Saímos com muita neblina, chuva, frio e um movimento intenso de caminhões. Na serra, este frio fez com que o grupo se separasse em virtude de tocadas diferentes. Após passar trecho em obras, parei num posto de gasolina, seguido pelo Elias. pouco depois chegou também o Mateus, mas Rui não apareceu. Começamos a ficar preocupados. Mateus retornou por 15km e eu fiquei no posto para fecharmos todas as possibilidades.