Colors: Purple Color

Durante uma conversa entre amigos, alguém lançou a ideia de fazermos uma viagem de moto saindo de Porto Velho (RO) para percorrer as estradas do Peru e Chile. Nos dias que se seguiram vieram muitas ideias para realização dessa viagem e muitos disseram que iriam, interagiram e ajudaram com os planos.

Da Colômbia ao Brasil, em uma rota de mais de 25 mil quilômetros, passando por quase todos os países da América do Sul em uma Royal Enfield Classic 500. Esse é o roteiro escolhido pela engenheira alemã Simone Maria Richardt, em uma viagem de moto que já tem nove meses pelo continente e chegou nesta semana a São Paulo. Aos 36 anos já conheceu mais de 100 países, a maioria deles em duas rodas.

Nos meses de dezembro e janeiro passado, o casal Aires e Patrícia Pilonetto, de Jaraguá do Sul (SC), fez uma viagem de moto pela Argentina e Chile, quando conheceram a Patagônia, Rota dos 7 Lagos, Ilha de Chiloé e atravessaram seis passagens da Cordilheira dos Andes entre os dois países.

O objetivo é chegar a Machu Picchu, no Peru. O grupo composto por Marcos Carambola, Dorinha e João Bosco, saiu de Viçosa (MG) e o primeiro ponto de parada foi a cidade de Poços de Caldas, também em Minas Gerais, distante aproximadamente 600 km do local de partida.

O vendedor rondoniense Marcelo José Aguiar Dias (46) já realizou viagens de moto por vários destinos no Brasil e de países vizinhos. Agora está se preparando para o que possivelmente será o seu maior desafio: ele pretende percorrer as estradas de 8 países da América do Sul e vários estados brasileiros pilotando um scooter Neo 125 da Yamaha.

Depois de um bom tempo de planejamento, finalmente a grande viagem de moto chegou e foi melhor do que o esperado. Foram 9.900 km para cruzar quatro estados brasileiros, Argentina, Chile e Uruguai durante 21 dias com minha valente Shadow 750. Muitas amizades se criaram e muita gente de todo o canto do mundo e do Brasil acabaram enriquecendo mais os dias e as experiências vividas.

O sonho de muitos motociclistas brasileiros, e também de todo o mundo, é ter a oportunidade de viajar e aproveitar ao máximo as belezas que compõem a Cordilheira dos Andes na América do Sul. Muitos buscam uma moto ideal para essa jornada, economizam uma quantia financeira alta e pensam que tal empreitada demanda muito tempo e dinheiro. Mas e se de repente tudo isso fosse percorrido em uma pequena e notável moto de 150cc e com pouco dinheiro? No decorrer do texto vocês constatarão que isso é possível. E acreditem... tudo feito com muito prazer.

Entre maio e junho passado o casal carioca Rodrigo Alves e Thalyta Soares, fez a sua segunda viagem de triciclo por países da América do Sul. Dessa vez eles percorreram as estradas do Brasil, Paraguai, Argentina e Chile com o objetivo principal de conhecer o Deserto do Atacama no Chile e o Salar de Uyuni na Bolívia.

Dois motociclistas de Brasília começaram, nesta quarta-feira (3), uma longa viagem de moto com previsão de percorrer 60 mil quilômetros pelas estradas da América do Sul em 365 dias. O itinerário inclui os 13 países do continente e deve passar pelas 27 capitais brasileiras, saindo do Distrito Federal. A dupla passou um ano planejando a aventura e pretende mostrar, nas redes sociais, a história de pessoas entrevistadas pelo caminho.

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Motos Adventure - expedição de moto pelo mundo

Livro sobre viagem de moto até o Atacama