Viagem de moto pela Argentina

Conforme combinado com o Gugu (63a), tomamos o desayuno às 8h e papeamos mais um pouco. Muitas histórias... Mas por que um motociclista argentino ávido por aventuras com as duas rodas, que mora na Dinamarca e possui passaporte sueco, teria uma Harley-Davidson Dyna 2007 com apenas 28 mil km e emplacada na Espanha???

A razão é que o preço das HD na Dinamarca é muito alto, então ele a comprou na Espanha, com valor bem menor. Porém, não pode entrar/circular na Dinamarca com ela. Assim, para dar um rolê, ele precisa se deslocar da Dinamarca para a Espanha...

Saímos juntos às 9h30.

Percorri hoje quase 600 km (sendo 140 km na companhia do Gugu). Atravessei o interior da Argentina (passei ao largo de Buenos Aires), até chegar ao litoral, no oceano atlântico.

Dia muito agradável, com temperatura amena e ensolarado. Passei por inúmeras rutas e cidades, em estradas boas. Por todo lado há propaganda política (as eleições serão neste domingo). Nas rodovias em que a velocidade máxima era 120 km, andei entre 120-140 km a maior parte do tempo. Foi muito bom o rolê. Cheguei a San Clemente del Tuyú.

Quando estava próximo de chegar, parei para abastecer e comi uma salada como almoço. Aproveitei para procurar hotéis no Trivago. Achei um muito bem localizado (de frente para o mar), com avaliação muito boa e preço razoável para um quarto com WC (é esta premissa básica - banheiro privado - que me mantém afastado dos Hostels e Albergues, pois WC compartilhado não dá!). Ao chegar ao hotel, fiquei surpreso com o luxo e fui verificar se o preço era aquele mesmo, pois estava em um 4 estrelas...

Fui recebido com um largo sorriso de "bem-vindo" pelo atencioso e bem comunicativo proprietário, que me viu estacionando a Gilda. Perguntei-lhe sobre uma acomodação por uma noite que fosse de boa qualidade e baixo preço. Neste momento, ele me disse ser motociclista também e que iria me passar uma muito boa, com um "desconto especial" para o motociclista brasileiro. Falou para a gerente me alojar na suíte 410 e cobrar $800 (~R$53!!!) com café da manhã.
Caraca, estou numa suíte incrível (nem imagino o preço real), de frente para o mar, que tem até varanda. Show!!!
Depois que deixei a bagagem, ele me levou à garagem, me indicou um local ao lado de seu carro 👇de rally (já participou de dois Dakar pelos países da América do Sul), me mostrou e falou dos detalhes da construção do bólido com motor Jeep 4.0 de 6 cilindros e tanque de 250 litros (ele mesmo construiu) e me contou várias histórias de como foi o rally. Show!!!!

Finalizei a noite indo jantar após um bom e merecido banho. Optei por uma parrilla de peixe (peixe assado na brasa), que estava saboroso, mas repleto de espinhos, acompanhado de purê de batatas e mais um litrinho da tradicional Quilmes para não desidratar...

Para concluir, uma constatação minha: "sou um cara muito sortudo, quanto mais rezo, mais sorte tenho e bênçãos recebo"!!!🙏😉

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela América do Sul

Cordilheira dos Andes em 6 Pasos

Nos meses de dezembro e janeiro passado, o casal Aires e Patrícia Pilonetto, de Jaraguá do Sul...

Viagens Maneiras de moto pela América do Sul

Eles fizeram sucesso na TV a cabo com o programa Viagens Maneiras, que mostrou o dia a dia de uma...

Expedição El Dorado

Em agosto de 2014, integrantes dos moto clubes Ovelhas Rebeldes e Monstros, ambos de São José/SC,...