Viagem de moto pela Patagônia

Parti pela manhã cedo de Melipeuco rumo a Pucón. Conforme planejamento da MRP, em vez de seguir por rodovias asfaltadas, eu faria a maior parte do trajeto por estradas vicinais contornando o Lago Colichio, Lago Carburgua e depois entraria na Reserva Nacional de Villa Rica e na Reserva Nacional de Hualalafquen na Araucania, Chile, para somente depois seguir para Pucón.

Durante o briefing da viagem na MRP, Juan me avisou que este seria um dos trajetos mais lindos do passeio; mas que a estrutura na maior parte do tempo era inexistente. Resolvi, ainda em Melipeuco, parar num mercadinho e comprar um sanduíche feito com pão típico local, queijo e presunto.

Logo ao sair de Melipeuco eu deparei-me com uma das construções mais bonitas da viagem: uma Igreja erguida em madeira e pintada em tons de rosa e branco, na cidade de Villa Garcia. A Igreja está em frente a uma praça muito bonita, entretanto mal conservada. Para minha sorte, duas senhoras que cuidam da Igreja estavam no local e ofereceram-me para conhecer o seu interior, que era simples, mas muito bonito. Um viajante apressado ou desatento não teria percebido tal edificação.

Viagem de moto patagonia 024 Igreja Villa Garcia

Lembram-se do sanduíche? Foi uma ótima ideia. Aquele ditado: “Quanto melhor a vista, pior o caminho para chegar lá.” foi exatamente o que aconteceu. As estradas que levam aos parques nacionais naquela região do Chile são bastante precárias e praticamente sem nenhuma estrutura para atender o viajante; o que para mim não foi problema porque eu estava muito bem equipado com um sanduíche e uma garrafa de água (risos), além de umas batatinhas chips. Meu almoço nesse dia foi à beira do Lago Colichio, numa área de camping muito bem conservada, mas completamente vazia nesta época do ano.

Viagem de moto patagonia 025 Lago CaburguaViagem de moto patagonia 026 Ponte de madeira

O trajeto por dentro dos parques nacionais é muito bonito. Apenas as estradas são bastante empoeiradas, o que não foi problema algum. Ao aproximar-se de Pucón as estradas vão melhorando até tornarem-se um asfalto perfeito! O trajeto entre Curarrehue e Pucón é feito por entre montanhas e rios e vai atravessando pequenos vilarejos muito bonitos. Vale a pena ser feito com calma para apreciar o visual.

Viagem de moto patagonia 028 Vulcao VillarricaViagem de moto patagonia 030 Vulcao Villarrica - Pucon

Ao chegar a Pucón, na metade da tarde, mais uma vez constatei que o pessoal da MRP soube escolher com precisão o hotel, que além de muito confortável, possuía uma ótima localização! Ao redor do hotel havia vários restaurantes, bares, cafeterias e cervejarias artesanais, sem falar num shopping center a poucas quadras dali. Decidi que completaria o dia apenas relaxando e o jantar seria com um maravilhoso hambúrguer tradicional da região, regado a uma excelente cerveja preta feita no próprio local.

Viagem de moto patagonia 031 Hamburguesa - PuconViagem de moto patagonia 032 Hamburgesa e Marcos

Aqui cabe outra nota a respeito do hotel em Pucón. O quarto escolhido tinha uma vista incrível do Vulcão Villarrica. Amanhecer com um visual espetacular de uma obra de arte da natureza não tem preço. Palmas mais uma vez para MRP!

Viagem de moto patagonia 030 Vulcao Villarrica - Pucon

Continuar lendo história de viagem de moto