Na manhã do dia 20, acordei cedinho, tomei o café da manhã no hotel, arrumei a bagagem na moto e segui viagem com destino à cidade de Corrientes, na província de mesmo nome.

A passagem pela aduana foi tranquila,

Quando estava em frente ao hostel, colocando minhas bagagens de volta na moto para partir, um grupo de motociclistas brasileiro estava preparando-se para deixar um hotel em frente ao hostel, exatamente do outro lado da calçada.

Havia chegado a Jujuy no sábado 22 de novembro e estava partindo no dia 26, quatro dias por conta do problema com a moto, mas faz parte da coisa... o importante é que estava tudo certo, eu podia contar com o arranque novamente

Na madrugada os sintomas da altitude se agravaram e sentia dificuldade para andar, desorientação e sangramento no nariz. Pela manhã eu continuei sentindo mal. Conversei com a recepcionista do hotel na hora do café e ela me deu um comprimido chamado Dramamine 50mg.

Na manhã do dia 28, saí de Salta às 7 horas com destino a Corrientes. Pretendia fazer uns 850 km nesse dia. Em Salta, à noite, antes de dormir, revisei meus planos e decidi que em vez de voltar pelo mesmo caminho da vinda eu iria entrar no Brasil por Uruguaiana,

Às 7 horas da manhã já estava pronto para continuar minha viagem de moto e animado para sair da Argentina e chegar ao Brasil. Minha meta era Uruguaiana, mas conforme a hora em que chegasse lá, talvez seguisse para Porto Alegre.

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela Argentina

Três caipiras em Bariloche

Tudo pronto após meses de preparação, roteiro definido, motos acertadas (2 Falcons e 1 Yamaha...

Expedição Rota das Missões - Argentina

A ideia de fazermos uma viagem de moto até as Missões Jesuíticas da Argentina surgiu no fim de...

Baiano faz viagem até Ushuaia com uma Yamaha Fazer 150

Enquanto alguns estavam se preparando para passar o Ano Novo na praia com a família ou com amigos, no dia...