Viagem de moto pela Transamazônica

Uruará, PA a Itaituba, PA - 300 km

Rotina de Transamazônica: acordar às 5h30 e sair antes das 7 horas.

Estrada ficando cada vez melhor, mas sempre com muito trabalho por parte de construtoras que estão preparando a estrada para pavimentação. Em duas subidas íngremes havia caminhões que não deram conta de tracionar e voltaram para trás, dando um ELE, fechando a pista e interrompendo o trânsito. Mas nós conseguimos passar por um cantinho. Uma dessas subidas tinha até nome subida/descida da véia...

Fizemos um lanche com um ótimo suco em um posto de gasolina à direita, no trevo para Santarém, em Rurópolis.

Paramos no km 30 onde a BR-163, a Santarém - Cuiabá continua da BR-230. Em um restaurante almoçamos e colocamos os pneus ON.

Mais uma balsa na conta, R$ 6,00 e conversa com muitas pessoas. Ganhei ate um cumaru, para fazer um chá....rs

Chegamos cedo em Itaituba. Ficamos em um hotel muito bom com direito até a piscina, quarto para três, R$ 57,00 para cada um.

No hotel estava um mineiro que tinha vindo pela BR-163 em uma XRE 300, e tinha se separado dos seus dois amigos que vimos passando durante o dia, mas não pararam.

Lanche R$ 2, almoço R$ 15, jantar com sucos R$ 39

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pelo Brasil

Viagem de moto até Concórdia (SC)

O motociclista Renato fez durante o feriado de Corpus Chisti, em junho passado, uma viagem solo...

Amigos, motos velhas, estrada e as cachoeiras da Serra da Canastra

Quem não gosta de viajar? Já estávamos querendo fazer isso há meses, mas as complicações do dia a...

Passeio de moto pela Serra da Moeda

No domingo, dia 4 de junho, resolvi fazer um passeio com o meu filho Álvaro. Lembrei que o Celso...