Viagem de moto pela Argentina, Chile e Bolívia

O percurso desse dia começou com a subida da Cuesta del Portezuelo, a 20km de San Fernando de Catamarca, e igual distancia para alcançar cerca de 2.000 msnm. É uma espécie de porta de ingresso para a pré-cordilheira dos Andes.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Cuesta del Portezuelo

Cuesta del PortezueloA estrada estreita e sinuosa, até perigosa, pois em muitos trechos não tem proteção lateral. 1° e 2° marchas são regra para subir e descer. O motor do radiador funcionou como há muito não o fazia. Imagine se estivesse no verão. A paisagem é árida. Embora mais sinuosa que a estrada da Serra do Rio do Rastro, a brasileira é mais vistosa e agradável.

Com muitas curvas cotovelo, numa dessas, acostamento. Uma combinação complicada: 1°marcha com torque elevado, subida íngreme, buracos, asfalto descascado, óleo na pista, areia. A moto parou em pé, quase encostada no paredão de pedras. Pela primeira vez, foi sentido o efeito do controle de tração. Nenhum dano.

Braços, ombros, pescoço e traseiro doloridos. Este, mesmo com almofada de gel de 8 cm de espessura. O mais interessante da Cuesta del Portezuelo foi poder avistar e filmar pela primeira vez um condor na natureza.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Cuesta del Portezuelo

A distância entre essas duas capitais provinciais é de 180 km, curto para os padrões da viagem. Num YPF de estrada, a ministra do Meio Ambiente de La Rioja e seu marido, empresário da mineração (lítio), fãs de Camboriú, como 90% dos argentinos.

La Rioja também é simples e sua vida social gira em torno da praça da matriz. Coincidentemente, o bispo local rezava a missa das 19h e a igreja estava lotada. Era a última celebração dele como bispo da província de La Rioja, pois fora transferido para a província de Mendoza.

Um personagem ilustre dessa província é o ex-presidente argentino Carlos Menen, atualmente senador em Buenos Aires. Ele é produtor local de vinho da uva Torrontes, que foi consumido no jantar a base de carne de coelho. Bons vinhos os riordanos.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Catedral de La Rioja

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Centro Historico – La Rioja

O pernoite foi em hotel no centro da cidade, próximo a catedral.

Buenas noches.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela América do Sul

Viagem de moto pela América do Sul

Quatro brasileiros fizeram em janeiro passado uma viagem de 9.465 km pelas estradas de cinco...

Viagem de moto ao Salar de Uyuni - Bolívia

Um grupo de oito amigos está acabando de realizar uma viagem de moto que começou no dia 2 de...

Viagens Maneiras de moto pela América do Sul

Eles fizeram sucesso na TV a cabo com o programa Viagens Maneiras, que mostrou o dia a dia de uma...