Viagem de moto até Ushuaia - Argentina

Perguntei ao acordar que horas o barco sairia do porto, pois queria um “frete” até Chile Chico. mas o gerente do camping disse que só saíam às 18 e às 20 horas. Eu cheguei à cidade às 17 horas do dia anterior e parecia que o porto estava em obras e não consegui ninguém que me informasse sobre o barco. Por isso pensei em perguntar bem cedo.

Aconteceu o que eu previa, acabei por perder a hora e só fiquei pronto às 8 horas da manhã acreditando que o barco sairia desse horário em diante. Não foi o que ocorreu. Não queria navegar à noite, já que não veria nada e assim “graça” não teria.

Fui por terra mesmo e ao sair da vila eu ignorei a aduana chilena e só me conscientizei disso uns 5 km depois. Voltei e carimbei o passaporte para ir ao Paso Ibañez. São 16 km de um rípio muito chato e complicado de lidar. Ao chegar, fui rapidamente atendido. O aduaneiro não sabia muito bem fazer a papelada, mas correu tudo bem e estava liberado para seguir viagem até Perito Moreno na Argentina por terra (rípio).

Viagem de moto Ushuaia

Perguntei qual era a estrada para marcar no GPS e disseram ser a Ruta 41, mas na verdade é a ruta 45. Foi quando comecei a perceber que meu GPS estava muito desatualizado, pois ele não reconhecia a estrada, mas o traçado sim.

Foram 90 km de desolação e dificuldades. Ar seco e muito pó e pedras. Depois de três horas cheguei ao asfalto. Almocei em um posto e segui sentido Bajo Caracoles na Argentina, onde cheguei às 15 horas. Fui ao único comércio da cidade onde o dono atende uma lanchonete e vende combustível. Me hospedei lá mesmo, pois fiquei muito cansado com a dificuldade que tive pela manhã.

Encontrei um casal de australianos que alugaram motos BMW e estava fazendo a Ruta 40 sentido Buenos Aires. Trocamos meia dúzia de palavras, pois o meu inglês estava péssimo.

Fiz um tour na vila, que devem ter uns 20 habitantes em horário comercial. Ajustei a corrente e engraxei. Sem wifi nesse dia.

Um detalhe: por volta das 20 horas, o dono do hotel foi embora e “trancou o hotel”. Assim, ninguém podia sair ou entrar. Eu dei um jeito aquela noite pulando a janela, mas como seria ao amanhecer?

Percorridos 237 km

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela Argentina

De Harley pela Patagônia, no rastro de Butch Cassidy & Sundance Kid

O motociclismo é composto por várias tribos, por assim dizer. Há aqueles que adoram altas...

Projeto “Fortes” Ventos III

O projeto consiste em percorrer durante um mês em viagem de moto, um trajeto de aproximadamente...

Baiano faz viagem até Ushuaia com uma Yamaha Fazer 150

Enquanto alguns estavam se preparando para passar o Ano Novo na praia com a família ou com amigos, no dia...