Viagem de moto até São Thomé das Letras

Para não passar as férias de verão em branco, eu e minha esposa Cristina resolvemos fazer uma viagem pela nossa Minas Gerais. Na verdade o projeto era fazer a Estrada Real inteira, de Diamantina a Parati, mas como a grana estava curta, optamos por um passeio alternativo (e coloca alternativo nisso).

São Thomé das Letras é famosa principalmente pela sua localização privilegiada, aliada com seu ar rústico e tipicamente mineiro do interior, em ponto montanhoso e elevado a 1.440 metros acima do nível do mar (permitindo a observação de praticamente toda a região ao redor), faz com que a cidade seja destino preferido de muitos turistas entusiastas da natureza e de pessoas ligadas às artes em geral, tendo sido inclusive cenário para uma novela antiga da extinta rede Manchete.

Então vamos partir para a viagem!

Uma dica: às vezes nosso amigo Google erra e nos mostra uma rota que muitas vezes não é a melhor. Pesquisei com amigos e tracei a melhor rota, totalizando 325 km. Até aqui, tudo bem. Se não fossem por uns 30 km de estrada não pavimentada em subida de serra, na verdade era isso mesmo que eu queria.

Viagem de moto até São Thomé das Letras

Agora vamos para a pratica. Moto carregada e taque cheio, saímos bem cedo, cinco horas da madruga, por causa do sol que estava forte. É bom lembrar também que foi a primeira viagem com minha XRE que peguei há 15 dias.

Fizemos o primeiro trecho da viagem de 150 km com asfalto molhado, pois tinha chovido à noite. Como era em um trecho da estrada que já conheço, foi bem tranquilo.

Paramos em São João Del Rey para um café para dar aquele ânimo para o restante da viagem. A estrada estava tranquila e bem pavimentada. Saindo da BR–265 e entrando na BR–383, vimos paisagens incríveis, com muitas áreas cultivadas. Depois pegamos um pequeno trecho de 3 km sem pavimentação, que nos deu um belo susto. Em seguida conhecemos a simpática cidade de Minduri. Chegamos a Cruzilha e depois de 290 km, pegamos uma subida de serra 100% off road. Mas o visual é incrível!!!

Depois de conhecer São Thomé das Letras, era hora de retornar. Na volta, fizemos um pequeno desvio de 6 km e passamos pela bela cidade de Tirandentes.

Clique nas fotos para ampliar.

Resumo da viagem:

A cidade é incrível, povo muito acolhedor, pensão, bares e restaurante sem exploração. Sobre a XRE, se comportou muito bem, subiu a serra com muita força, e olha que estava com garupa e muita bagagem. Teve um consumo medio de 28,7 km/l

Embora não tenha sido uma viagem longa, foi muito prazerosa e conhecemos lugares incríveis.

Um abraço e até a proxima.

Mais fotos, clique aqui.