Viagem de moto pela Argentina

Acordamos cedo e estava chovendo. Nosso objetivo era chegar a Corrientes, ainda na Argentina, distante 834 km. O trecho mais longo da nossa viagem de moto, com retas intermináveis.

Tivemos um probleminha com o GPS por alguns quilômetros que nos levou para Salta, o que nos fez rodar 80 km a mais. Trajeto corrigido com a ajuda da Policia Argentina, que foram muito legais com a gente. Nosso objetivo era chegar antes de escurecer, o que não aconteceu.

Sem falar que o GPS indicou uma conversão que era proibida que Andrea e eu fizemos, mas o Viktor não e a policia estava atrás de nós e não vimos.

Fomos parados, demos explicações, mas fomos autuados assim mesmo e depois nos escoltaram até o hotel, onde iríamos ficar.

Nessa noite o Andrea nem saiu do quarto. Fomos jantar e dar uma volta para conhecer um pouco da cidade que fica às margens do Rio Paraná.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela América do Sul

A fantástica viagem de moto do baterista do Rush

Navegando pela internet encontrei o texto abaixo escrito pelo Neil Peart em seu site oficial. Ele...

Expedição América Latina

Os motociclistas Marcelo Santos e Renato Catarino realizaram em julho passado uma viagem por oito...

Viagem de Ténéré 250 pelo Sul do Brasil, Uruguai e Argentina

Vou compartilhar com vocês o relato de uma viagem que eu fiz com minha esposa em uma Yamaha Ténéré 250cc....