História da kasinski

O empresário Abraham Kasinski sempre se dedicou a empreendimentos de grande sucesso. Nascido em 11 de julho de 1917, na capital paulista, Kasinski foi o caçula de quatro filhos de um casal de imigrantes russos.

Criado na loja de autopeças do pai - que ele garante ter sido a primeira do Brasil - sua paixão por veículos e peças começou cedo. Precoce, ele aumentou a idade em dois anos para poder cursar a faculdade de economia.

Em 1951, Abraham Kasinski percebeu que a empresa fundada pelo seu falecido pai estaria com os dias contados se continuasse dependendo de produtos importados. Foi então que convenceu um dos irmãos a investir numa fábrica e com ele criou a Cofap. A empresa, que era 100% nacional, fabricava e comercializava componentes de valor agregado para o mercado automotivo. Vocês lembram de alguma das propagandas da COFAP que contava com a participação de um cachorro da raça Dausch (salsicha)?

Kasinski permaneceu na Cofap até 1997, quando vendeu a sua participação acionária por US$ 25 milhões. Quando abriu mão da Cofap, aos 80 anos, Abraham Kasinski tentou descansar um pouco e se desligar da vida empresarial.

Mas a vocação e a vontade de voltar ao mundo dos negócios foram mais fortes. Ele partiu para um novo empreendimento: a Kasinski Fábrica de Veículos, inaugurada em 1999. Com uma fábrica localizada no Pólo Industrial de Manaus, a empresa começou suas operações produzindo motocicletas a preços baixos, não demorando muito para conquistar fatia significativa do mercado.

Todos os esforços da nova empresa passaram a ser orientados para produção, marketing e comercialização de produtos de pequena e média potência, voltados especialmente para o público que tem a motocicleta como seu veículo de transporte. No ano de 2001, a empresa introduziu no mercado o Motokar: um triciclo que era o transporte ideal para fazer entregas urbanas com um gasto de gasolina inexpressivo.

Em julho de 2009, a Kasinski teve 100% do seu capital adquirido pela sino-brasileira CR Zongshen do Brasil, holding do gigante chinês Zongshen Industrial Group.

Inaugurada em setembro de 2010, a nova unidade fabril, em Manaus/AM, tem capacidade instalada de produção da fábrica para 110 mil unidades/ano, por turno. Em 2012 a nova unidade fabril da CRZ E-Power entra em operação. Destinada exclusivamente à fabricação de produtos elétricos, a unidade industrial será responsável pela produção de bicicletas, scooters e motos elétricas.

De acordo com dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), a indústria de motocicletas brasileira registrou um aumento de 16,7 % na produção de motocicletas em 2011 em relação a 2010, enquanto que a Kasinski obteve crescimento de 159,8% no mesmo período, alcançando 2,88% de participação de mercado.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais história da motocicleta

Harley-Davidson Museum

O Harley-Davidson Museum carrega a história da marca e está localizado próximo ao centro da cidade de...

Viagem de volta ao mundo de moto em 1957

Uma aventura extraordinária iniciada há mais de 60 anos pelos italianos Leopoldo Tartarini e...

Volta ao mundo de moto em 1932

Em um tempo que o mundo e as realidades politico sociais eram bastante diferentes e quase...