Viagem de moto até o Chile

General Villegas é o lugar com a água mais salgada com a qual eu ja escovei os dentes. Parecia água do mar.

A estrada continua reta e com muito vento lateral, aumentando o consumo das motos e cansando bem mais.

Chegamos em Buenos Aires às 14 horas com muito calor e com as ruas bloqueadas por manifestantes nervosos. Fomos a três hoteis e estavam todos lotados. Chegamos bem no dia do amistoso da Argentina com o Brasil, uma furada. Resolvemos então ir logo pro Uruguai, então fomos para o porto fazer a travessia. R$ 350,00 por casal e moto. Depois de uma hora de travessia, chegamos a Colonia del Sacramento, onde pernoitamos.

Percorremos 460 km no dia - Total 6.125 km

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pelo Chile

Cuiabá - Atacama

Um grupo de amigos que, em janeiro de 2012, viajou para assistir à final do Rally Dakar 2012, em...

Comemorando os 70 anos com uma viagem ao Atacama

Para comemorar seus 70 anos de vida, o motociclista cearense Flávio Torres fez uma viagem de moto...

Escapada Andina

Uma aventura de nove amigos nas Cordilheiras dos Andes rodando mais de 1.800 km com rípio, frio,...