Viagem de moto pelo Brasil

Após conhecer mais uma nascente, a do rio Pandeiros, no caminho entre Pandeiros e a Chapada Gaúcha conheci o Rio Pardo e o seu Sumidouro. Foram 140 km de estrada de terra. Nossa! Ter que andar devagar é dolorido. Das 7 até às 18 horas eu andei a 30 km/h na estrada de terra e tive problema com os suportes do baú e do alforje novamente.

Os atrativos é a ponte natural que o rio fez. Ele passa debaixo da estrada. Não é ponte feita por homens, mas sim uma ponte natural. Somente é possível ver se os nativos lhe disserem onde fica e como ver. Deixo para você pesquisar.

Os rios Pardo e Buraquinhos eu conheci, mas não tive coragem de conhecer o Vão dos Buracos e o Buraco das Araras.

Lembrando que é estrada de terra de Pandeiros até Chapada Gaúcha.

Dormi em um posto maravilho, na Chapada Gaúcha. No dia seguinte fui conhecer o parque, mas não tinha dinheiro para os guias da região, então o que eu conheci foi o que deu e de graça. Mas é uma região muito bonita.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pelo Brasil

Viagem de moto de Natal até Belém

No início de dezembro passado recebi um convite dos meus amigos Fuzileiros Navais, para participar de um...

9000 km com uma Royal Enfield pelas piores estradas do Brasil

No inicio de 2015 fui convidado por alguns amigos para participar de uma aventura: cruzar a...

Viagem de moto pelo Nordeste

No início de dezembro, entediado com mais um ano em Manaus (AM) e percebendo que passaria mais uma vez...