Pela manhã, passei a primeira fronteira e visitei a Cidade do Leste, no Paraguai, mas como era domingo, todas as lojas e shoppings, as principais atrações do Paraguai, estavam fechadas! Como é um destino que não tem nada de especial para ver, ainda no mesmo dia arranquei em direção ao Uruguai.

Uma parte do caminho eu fiz pela Argentina, onde comprei gasolina suficiente para chegar ao Uruguai, visto que naquele momento, no Brasil, era impossível encontrar combustível.

O melhor do dia foi voltar ao Brasil, onde parei num centro da greve num posto de combustível, onde estavam mais de 100 caminhões desde segunda-feira passada e estavam em protesto!

Mal souberam que era viajante e português e ofereceram churrasco e bebida e recusaram-se a receber nada em troca! Tive de pedir, por favor, para pararem de me meter comida nas mãos! Toda essa comida é oferecida pela população aos caminhoneiros, para ajudar na greve!

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.