Viagem de moto até Machu Picchu - Peru

Entre os dias 30 de maio e 15 de junho o motociclista Pedro Rocha de Miranda fez uma viagem solo de 10 mil km com sua Harley-Davidson V-Rod, percorrendo estradas do Brasil, Argentina, Chile, Peru e Bolívia.

Durante essa viagem de moto, Pedro atravessou a Cordilheira dos Andes, conheceu parte do Paso San Francisco, visitou o Deserto do Atacama, Lago Titicaca e Cusco. O destino principal era a cidade sagrada inca de Machu Picchu, no Peru.

Pedro publicou um diário da viagem no blog Rumo a Capital dos Incas.

Mais Detalhes – Rumo à capital dos incas

Motociclista: Pedro Rocha de Miranda
Motocicleta: Harley-Davidson V-Rod
Distância percorrida: 10.000 km
Duração: 17 dias
Período: de 30 de maio a 15 de junho de 2019
Estados brasileiros percorridos: São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul
Países percorridos: Brasil, Argentina, Chile, Peru e Bolívia

Roteiro:

Dia 01: São Paulo a Foz do Iguaçu
Dia 02: Foz do Iguaçu a Roque Saenz Pena
Dia 03: Saenz Pena a Santiago del Estero
Dia 04: Santiago del Estero a Fiambala
Dia 05: Fiambala – Paso San Francisco – Cafayate
Dia 06: Cafayate (Argentina) a San Pedro de Atacama (Chile)
Dia 07: San Pedro de Atacama (Chile) a Tacna (Peru)
Dia 08: Arica a Puno
Dia 09: Puno a Cusco
Dia 10: Cusco a Águas Calientes
Dia 11: Machu Picchu
Dia 12: Cusco (Peru) a La Paz (Bolívia)
Dia 13: La Paz
Dia 14: La Paz a Sta Cruz de La Sierra
Dia 15: Sta Cruz de La Sierra (Bolívia) a Corumbá (Brasil)
Dia 16: Corumbá a Presidente Epitácio
Dia 17: Presidente Epitácio a São Paulo

Comentários (3)

This comment was minimized by the moderator on the site

excelente viagem, ja estou me programando para realizar também, mas devo ir com garupa, vi que pegou algumas estradas nao pavimentadas, como se comportou a HD ?
de qq forma, parabens....

This comment was minimized by the moderator on the site

Boa tarde Valdomiro,

Foi bem tranquilo viu. Na realidade, não peguei nenhuma estrada de terra. Os trechos de terra que peguei foram na realidade desvios de obras. Esta situação foi mais frequente no norte do Chile (região entre Iquique e Arica pela ruta 5) e na Bolívia (bem frequente).
Na Bolívia ha um trecho particularmente com um alto número de desvios. Sao cerca de 60 kms de obras entre Cochabamba e Santa Cruz de la Sierra. Nesse último, tem que ter paciência, pois ha muito transito de caminhões, o asfalto não é tao bom, e os desvios são curtos mas bem esburacados).
Mas, no geral, foi bem tranquilo. E olha que fui numa V-Rod! Que é mais baixa e mais dura que as demais HDs.
Curti muito a trip. Pode ir que vai curtir!
Abs

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito obrigado Rômulo Provetti por mais esta publicação. Ficou ótimo o texto e a forma como colocou a informação.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia