Desde 1991, o geógrafo, motociclista, aventureiro e especialista em desertos Michael Martin usa os modelos BMW GS em suas viagens de longa distância. Ao longo dos anos, suas motos o levaram através de desertos da Ásia, Austrália e Américas.

Nascido em Munique, na Alemanha, aos 46 anos Michael dá mais um passo em sua vida de aventuras: ele está realizando uma viagem de três anos com uma BMW R 1200 GS Adventure através do gelo, das principais regiões vulcânicas do planeta e também dos desertos mais secos.

Agora seu interesse se concentra principalmente nas pessoas que vivem em condições extremas em tais regiões.

Mas o projeto Planet Desert também destaca a aspiração de Martin para criar uma documentação ilustrativa de temas atuais como as alterações climáticas sob a forma de imagens e relatórios. Outro objetivo é o de realizar uma comparação entre os desertos gelados, secos e vulcânicos.

O projeto que o levará para regiões de todo o mundo começou em agosto de 2009 nos desertos vulcânicos da Islândia. Depois de uma extensa turnê de palestras no outono e no inverno, ele seguiu para os desertos de gelo da Groenlândia, Spitsbergen e Norte da Sibéria.

Nesta viagem extrema de moto, Michael Martin também está viajando em sua moto por desertos conhecidos de nós brasileiros, como o Sahara, Gobi e Atacama, que ele já conhece, mas desta vez ele passará por áreas muito remotas, onde nunca esteve antes.

Martin também irá explorar outras regiões desérticas, como Rub al Kahli na Arábia Saudita, o deserto da Patagônia, Kamchatk e o deserto tibetano Chang Tang, onde ele pretende encontrar a vida em suas formas mais fascinantes.

Finalmente, ele irá para os desertos de gelo da Antártida. O destino final desta aventura global é o Pólo Sul, onde Michael Martin quer chegar no início de 2012.

Neste mais recente projeto, Planet Desert, Michael Martin vai fazer adaptações em sua moto para uso extremo, como um sistema pannier, embreagem de cerâmica, GPS, faróis de longa distância e protetor de cárter de óleo, além de ter realizado curso de pilotagem em condições extremas.

Michael Martin está viajando sem uma equipe de apoio ou equipe de filmagem. Isto garante a autenticidade máximo e autêntica da aventura. Ele utiliza o que há de mais moderno na tecnologia fotográfica e de cinema para garantir resultados profissionais em suas imagens.

Sua carreira inclui palestras para a Royal Geographical Society, em Londres, na Conferência Mundial do Clima em Montreal, na conferência da ONU em Tóquio e na conferência da ONU sobre desertos em Buenos Aires. Em 2006, Martin foi convidado para projetar o calendário oficial da UNCCD pelo secretário da convenção da ONU de combate à desertificação e o secretário da ONU da convenção sobre mudanças climáticas. Seu livro "Deserts of the Earth" foi o livro oficial do ano internacional da ONU dos desertos e desertificação.

Seu trabalho foi traduzido em seis línguas, enquanto a apresentação de slides com o mesmo nome estabeleceu novos padrões em termos de fotografia e de conteúdo.

O filme do projeto "Deserts of the Earth", que Michael Martin realizou em colaboração com Elke Wallner, foi muito bem sucedido em mais de 30 países.

O livro, série de TV e palestras deverão ser lançados em 2014. O projeto Planet Desert é patrocinado pela Royal Geographic Society, a UNCCD e BMW Motorrad.

Comentários (1)

  1. renato de macedo

Acho que descobri o que estava procurando,tenho viajado a cada ano para os locais mais extremos da américa,e ainda há múitos locais para serem explorados,planejo em 2015 ir p Russia,mongólia, e olhando essas matérias maravilhosas me inspiram ainda mais na possibilidade de realizar os meus sonhos.parabéns Rômulo sou seu fã.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.