Por mais de um ano eles planejaram uma viagem de moto até o Deserto do Atacama no Chile, passando pelo Sul do Brasil e Norte da Argentina. E no mês de março deste ano eles realizaram a grande aventura de suas vidas.

Os motociclistas Ricardo Portas, Serginho e Will, de Angra dos Reis no Rio de Janeiro, saíram de sua cidade no dia 7 de março, entraram na Argentina por Uruguaiana, passaram por Córdoba, Mendoza e outras cidades, atravessaram a Cordilheira dos Andes pelo Paso Los Libertadores e chegaram à capital chilena, Santiago, onde dois deles encontraram com as esposas que foram de avião. As esposas retornaram ao Brasil e o trio seguiu pelo litoral em direção ao norte, passando por La Serena, Chañaral e Antofagasta até chegar a San Pedro do Atacama, seu principal objetivo.

Atacama 06

A partir de San Pedro eles fizeram passeios pela região para conhecer algumas das principais atrações do deserto do Atacama, como os Gêiseres del Tatio, o Vale de la Luna e algumas paisagens do Altiplano Andino, sempre acompanhados pelo Vulcão Licancabur.

O retorno foi feito pelo Paso Jama. Eles desceram a cordilheira pela Cuesta del Lipan, passaram pelo Salinas Grandes, o Cierro del Siete Colores e pelas cidades de Salta, Presidencia Roque Sans Peña e Posadas. Entraram no Brasil por Foz do Iguaçu - onde aproveitaram para visitar as Cataratas -, chegando em casa depois de 21 dias na estrada.

O trio fez a viagem de mais de 9 mil km de Angra dos Reis até o Chile utilizando uma Yamaha XT660R, uma BMW 650GS e uma Triumph Tiger 800.

O grupo, que já está pensando na próxima aventura, escreveu um diário da sua viagem de moto e publicou no blog do Ricardo Portas chamado Viagem ao Atacama 2015 juntamente com as fotos maravilhosas que registraram durante os dias na estrada.

Mais Detalhes – Três Amigos no Atacama

  • Motos: Yamaha XT660R, BMW 650GS e Triumph Tiger 800.
  • Motociclistas: Ricardo Portas, Serginho e Will
  • Distância percorrida: 9.112 km
  • Duração: 21 dias.
  • Saída: 7 de março de 2015
  • Chegada: 27 de março de 2015
  • Estados brasileiros percorridos: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul
  • Países percorridos: Brasil, Argentina e Chile

ROTEIRO

Roteiro

1º - Praia Brava - Registro - 522 km
2º - Registro - Tubarão - 631 km
3º - Tubarão - Venâncio Aires - 467 km
4º - Venâncio Aires - Federal - 768 km
5º - Federal - Córdoba – 545 km
6º - Córdoba – San Luís - 450 km
7º - San Luís – Santiago - 611 km
8º - Santiago
9º - Santiago
10º - Santiago - La Serena - 477 km
11º - La Serena - Chañaral - 500 km
12º - Chañaral – Antofagasta - 371 km
13º - Antofagasta - San Pedro de Atacama – 309 km
14º - San Pedro de Atacama
15º - San Pedro de Atacama - Salta - 550 km
16º - Salta - Pres. Roque Saenz Peña – 650 km
17º - Pres. Roque Saenz Peña – Posadas - 506 km
18º - Posadas - Foz do Iguaçu - 305 km
19º - Foz do Iguaçu
20º - Foz do Iguaçu - Ourinhos - 667 km
21º - Ourinhos - Praia Brava - 783 km

Comentários (20)

  1. Lenita

Nossa, que viagem! Dá vontade de cair na estrada. Muita ousadia, coragem e planejamento, parabéns ao trio

  1. Fernando Rodrigo Winter

Fala ai galera... uma dúvida que eu tenho sobre o Atacama é em relação aos locais a visitar. Li em várias páginas que é possível fazer essas voltas através de agências ou guias da região... Minha dúvida é se existe a possibilidade de realizar esses passeios por conta própria ou se é proibido mesmo e eu tenho que ser acompanhado por algum guia... Abraços

  1. Ricardo de Lima Portas    Fernando Rodrigo Winter

Fala Nando,
Os passeios podem ser feitos por conta própria, porém para alguns , como o Geiser El Tatio, eu aconselho contratar, porque o caminho não é muito bem definido e vc tem que sair muito cedo, por volta de 5:00, e ainda estará escuro. Os outros, como as Lagunas, Vale de lá Luna dà para ir por conta própria.

  1. Fernando Rodrigo Winter    Ricardo de Lima Portas

Boa Ricardo, valeu pela informação meu caro! Mas ai já engato outra pergunta que complementa o seu comentário... Já tinha lido que alguns passeios para os Geiseres saem de São Pedro até as 3h30 da madrugada, minha ideia era ir no dia anterior pra região e acampar por lá mesmo pra no outro dia já estar localizado assim que os Geiseres entrarem em atividade. Dizem que o céu do deserto é uma coisa inimaginável de madrugada! Você acha que é perigoso por algum motivo acampar no meio do deserto, tirando o frio ou coisas do tipo? Abraaço!

  1. Ricardo de Lima Portas    Fernando Rodrigo Winter

Nando, desculpe a demora em responder, mas eu estava viajando. Quanto a sua pergunta, não sei se é permitido acampar no parque dos Geiseres, pelo menos nunca li que alguém tenha acampado lá.

  1. Charles Picolli

Boa tarde Ricardo , muito obrigado pela sua atenção .

Abraço
Charles

  1. charles

Boa tarde galera , que viagem bacana voces fizeram , estou pensando em fazer uma viagem parecida com a de voces , seria possivel voces nos darem algumas dicas :
tipo : documentos necessarios , hoteis ( voces reservaram antes ou foi na sorte ? ) seguro de motos ? quanto gastaram mais ou menos ? etc , obrigado e abraço . charles

  1. Ricardo de Lima Portas    charles

Olá Charles, Os documentos pessoais são : Passaporte que facilita os trâmites nas aduanas ou RG que não deve ser muito antiga ( recomenda-se com até 5 anos de expedição ) e CNH , levei tb a Permissão Internacional para Dirigir, mas não é obrigatório. Documentos da moto : CRLV , Seguro Carta Verde para os países do Mercosul e Soapex para o Chile ( estes são equivalentes ao DPVAT no Brasil ). Se a moto tiver seguro, faça uma extensão para os países que vc vai passar, no meu caso não fiz seguro para a moto, fiz somente um Seguro Viagem para cobrir despesas médicas. Fizemos uma relação com alguns hotéis nas cidades onde pernoitaríamos, mas não reservamos com antecedência para não engessar o roteiro e não tivemos problemas com vagas, vc pode pesquisar os hoteis no Booking dando preferencia para os que tem garagem e wireless. Vc pode estimar os custos em US$ 100,00 por dia incluindo combustível, alimentação e hospedagem, se for em grupo a hospedagem fica mais em conta.
Irei disponibilizar a planilha que fizemos no blog, lá vc vai encontrar os hotéis, equipamento que levamos, relação de sites usados para informações e mais dicas.
Faça a sua viagem porque vale muito a pena ! Abraço, Ricardo.

  1. Perez

Olá pessoal, parabéns pela trip. Poderiam compartilhar os custos da viagem, possíveis problemas com documentação. Obrigado.

  1. Ricardo de Lima Portas    Perez

Olá Perez, vc pode fazer um cálculo tendo por base um custo de US$ 100,00 por dia, incluindo despesas com combustível, alimentação e hospedagem, indo em grupo a hospedagem fica mais em conta pois podem ficar em quartos duplos ou triplos. Em relação à documentação não tivemos problemas. Levamos Passaporte, mas a RG é aceita sem problemas. Fizemos o seguro Carta Verde para a Argentina e o SOAPEX para o Chile, embora sejam obrigatórios, não foram exigidos em momento algum.

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Muito obrigado pela atenção, no aguardo tb da planilha q vcs criaram, abs!!!!

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Sensacional, mtos detalhes, certamente vai ajudar, muito obrigado.

  1. carlos fonseca

Ja estive no Atacama , porem minha viagem foi de aviao .
Mas , pretendo um dia ir de moto. Tenho uma BMW G650GS. Gostaria de saber como posso ter informações sobre locais de paradas para descanso e tambem , como saber posicionamento de posto de combustivel nas estradas . Qdo estive no Atacama, conheci 3 Paranaenses, que estavam de moto e que disseram que em alguns trechos, não existe posto de combustivel .
Fico

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Muito obrigado pela atenção, no aguardo tb da planilha q vcs criaram, abs!!!!

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Sensacional, mtos detalhes, certamente vai ajudar, muito obrigado.

  1. Ricardo de Lima Portas    carlos fonseca

Olá Carlos. Com relação às paradas para descanso, se voce se refere aos locais de pernoite, vc deve definir uma kilometragem media a percorrer por dia, que no meu caso foi entre 500 a 600 Km, e utilizar o Google Maps para definir e visualizar os locais. Em relação aos hotéis vc pode utilizar sites de buscas de reserva, tipo Trivago ou Booking para ter ideia de preço e condições dos hotéis. Nós não efetuamos reservas antecipadas para dar maior flexbilidade ao roteiro, apenas fizemos uma relação de hotéis nas cidades de pernoite. Utilize as paradas para reabastecimento para descansar, alongar e se hidradar. Para saber o local dos posto utilize os sites http://www.ypf.com/guia/mapa/paginas/mapa.aspx?entidad=EstacionServicio&filtro=ProvinciaES para Argentina e http://ww2.copec.cl/estaciones-de-servicio para o Chile. Vc também deve percorrer os trechos mais críticos utilizando o Google Maps e o Street View para localizar postos e visualizar entroncamentos e acessos de vias. Perca algum tempo fazendo um planejamento e não terá problemas. Abraços e boa viagem.

  1. Ricardo de Lima Portas    carlos fonseca

Olá Carlos. Com relação às paradas para descanso, se voce se refere aos locais de pernoite, vc deve definir uma kilometragem media a percorrer por dia, que no meu caso foi entre 500 a 600 Km, e utilizar o Google Maps para definir e visualizar os locais. Em relação aos hotéis vc pode utilizar sites de buscas de reserva, tipo Trivago ou Booking para ter ideia de preço e condições dos hotéis. Nós não efetuamos reservas antecipadas para dar maior flexbilidade ao roteiro, apenas fizemos uma relação de hotéis nas cidades de pernoite. Utilize as paradas para reabastecimento para descansar, alongar e se hidradar. Para saber o local dos posto utilize os sites http://www.ypf.com/guia/mapa/paginas/mapa.aspx?entidad=EstacionServicio&filtro=ProvinciaES para Argentina e http://ww2.copec.cl/estaciones-de-servicio para o Chile. Vc também deve percorrer os trechos mais críticos utilizando o Google Maps e o Street View para localizar postos e visualizar entroncamentos e acessos de vias. Perca algum tempo fazendo um planejamento e não terá problemas. Abraços e boa viagem.

  1. carlos fonseca

Ja estive no Atacama , porem minha viagem foi de aviao .
Mas , pretendo um dia ir de moto. Tenho uma BMW G650GS. Gostaria de saber como posso ter informações sobre locais de paradas para descanso e tambem , como saber posicionamento de posto de combustivel nas estradas . Qdo estive no Atacama, conheci 3 Paranaenses, que estavam de moto e que disseram que em alguns trechos, não existe posto de combustivel .
Fico

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Muito obrigado pela atenção, no aguardo tb da planilha q vcs criaram, abs!!!!

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Sensacional, mtos detalhes, certamente vai ajudar, muito obrigado.

  1. Ricardo de Lima Portas    carlos fonseca

Olá Carlos. Com relação às paradas para descanso, se voce se refere aos locais de pernoite, vc deve definir uma kilometragem media a percorrer por dia, que no meu caso foi entre 500 a 600 Km, e utilizar o Google Maps para definir e visualizar os locais. Em relação aos hotéis vc pode utilizar sites de buscas de reserva, tipo Trivago ou Booking para ter ideia de preço e condições dos hotéis. Nós não efetuamos reservas antecipadas para dar maior flexbilidade ao roteiro, apenas fizemos uma relação de hotéis nas cidades de pernoite. Utilize as paradas para reabastecimento para descansar, alongar e se hidradar. Para saber o local dos posto utilize os sites http://www.ypf.com/guia/mapa/paginas/mapa.aspx?entidad=EstacionServicio&filtro=ProvinciaES para Argentina e http://ww2.copec.cl/estaciones-de-servicio para o Chile. Vc também deve percorrer os trechos mais críticos utilizando o Google Maps e o Street View para localizar postos e visualizar entroncamentos e acessos de vias. Perca algum tempo fazendo um planejamento e não terá problemas. Abraços e boa viagem.

  1. Maisa Lemes

Boa noite! Eu e meu namorado estamos planejando sair de Belo Horizonte e ir para o chile em maio de 2016, gostaríamos muito dos conselhos e sugestões de vocês.

  1. Perez

Olá pessoal, parabéns pela trip. Poderiam compartilhar os custos da viagem, possíveis problemas com documentação. Obrigado.

  1. Ricardo de Lima Portas    Perez

Olá Perez, vc pode fazer um cálculo tendo por base um custo de US$ 100,00 por dia, incluindo despesas com combustível, alimentação e hospedagem, indo em grupo a hospedagem fica mais em conta pois podem ficar em quartos duplos ou triplos. Em relação à documentação não tivemos problemas. Levamos Passaporte, mas a RG é aceita sem problemas. Fizemos o seguro Carta Verde para a Argentina e o SOAPEX para o Chile, embora sejam obrigatórios, não foram exigidos em momento algum.

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Muito obrigado pela atenção, no aguardo tb da planilha q vcs criaram, abs!!!!

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Sensacional, mtos detalhes, certamente vai ajudar, muito obrigado.

  1. carlos fonseca

Ja estive no Atacama , porem minha viagem foi de aviao .
Mas , pretendo um dia ir de moto. Tenho uma BMW G650GS. Gostaria de saber como posso ter informações sobre locais de paradas para descanso e tambem , como saber posicionamento de posto de combustivel nas estradas . Qdo estive no Atacama, conheci 3 Paranaenses, que estavam de moto e que disseram que em alguns trechos, não existe posto de combustivel .
Fico

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Muito obrigado pela atenção, no aguardo tb da planilha q vcs criaram, abs!!!!

  1. Leandro Perez    Ricardo de Lima Portas

Sensacional, mtos detalhes, certamente vai ajudar, muito obrigado.

  1. Ricardo de Lima Portas    carlos fonseca

Olá Carlos. Com relação às paradas para descanso, se voce se refere aos locais de pernoite, vc deve definir uma kilometragem media a percorrer por dia, que no meu caso foi entre 500 a 600 Km, e utilizar o Google Maps para definir e visualizar os locais. Em relação aos hotéis vc pode utilizar sites de buscas de reserva, tipo Trivago ou Booking para ter ideia de preço e condições dos hotéis. Nós não efetuamos reservas antecipadas para dar maior flexbilidade ao roteiro, apenas fizemos uma relação de hotéis nas cidades de pernoite. Utilize as paradas para reabastecimento para descansar, alongar e se hidradar. Para saber o local dos posto utilize os sites http://www.ypf.com/guia/mapa/paginas/mapa.aspx?entidad=EstacionServicio&filtro=ProvinciaES para Argentina e http://ww2.copec.cl/estaciones-de-servicio para o Chile. Vc também deve percorrer os trechos mais críticos utilizando o Google Maps e o Street View para localizar postos e visualizar entroncamentos e acessos de vias. Perca algum tempo fazendo um planejamento e não terá problemas. Abraços e boa viagem.

  1. Ricardo de Lima Portas    carlos fonseca

Olá Carlos. Com relação às paradas para descanso, se voce se refere aos locais de pernoite, vc deve definir uma kilometragem media a percorrer por dia, que no meu caso foi entre 500 a 600 Km, e utilizar o Google Maps para definir e visualizar os locais. Em relação aos hotéis vc pode utilizar sites de buscas de reserva, tipo Trivago ou Booking para ter ideia de preço e condições dos hotéis. Nós não efetuamos reservas antecipadas para dar maior flexbilidade ao roteiro, apenas fizemos uma relação de hotéis nas cidades de pernoite. Utilize as paradas para reabastecimento para descansar, alongar e se hidradar. Para saber o local dos posto utilize os sites http://www.ypf.com/guia/mapa/paginas/mapa.aspx?entidad=EstacionServicio&filtro=ProvinciaES para Argentina e http://ww2.copec.cl/estaciones-de-servicio para o Chile. Vc também deve percorrer os trechos mais críticos utilizando o Google Maps e o Street View para localizar postos e visualizar entroncamentos e acessos de vias. Perca algum tempo fazendo um planejamento e não terá problemas. Abraços e boa viagem.

  1. Ricardo de Lima Portas    Perez

Olá Perez, vc pode fazer um cálculo tendo por base um custo de US$ 100,00 por dia, incluindo despesas com combustível, alimentação e hospedagem, indo em grupo a hospedagem fica mais em conta pois podem ficar em quartos duplos ou triplos. Em relação à documentação não tivemos problemas. Levamos Passaporte, mas a RG é aceita sem problemas. Fizemos o seguro Carta Verde para a Argentina e o SOAPEX para o Chile, embora sejam obrigatórios, não foram exigidos em momento algum.

  1. Ricardo de Lima Portas    Maisa Lemes

Maísa e Maiky,
Primeiramente seria interessante saber qual seria o percurso de vcs porque dependendo da região do Chile as condições mudam bastante. Por exemplo, se forem atravessar para o Chile pelo Paso Jama, evitem passar após as 16:00 hs porque o frio aumenta muito.
Desculpe a demora para responder, mas só vi sua pergunta hoje.

  1. Rômulo Provetti    Maisa Lemes

Olá Maísa, o principal conselho é planejar bem a viagem. Neste contexto observem a documentação da moto e de vocês, definam a distância a percorrer por dia, o roteiro, os locais de abastecimento da moto e de pernoite (saia com uma lista com endereço de hotéis).
Maio é um mês que a temperatura na Cordilheira dos Andes já está baixando, portanto, devem ir preparados para o frio.
Abra um tópico no fórum aqui do site com suas dúvidas: Fórum Viagem de Moto
Leiam o livro A caminho do Atacama

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.