Logo
  • Chile
  • Publicado em:

Atacama - Paso Jama e Paso San Francisco

Durante 17 dias, Seis motociclistas, dois de São Paulo capital (Ricardo - GS1200 e Sérgio - GS1200), um do Rio de Janeiro (Marconde - GS800) e três de Foz do Iguaçu-PR (Odair e Dadiva - GS800 e Alexandre Mitiura - VStrom650), fizeram uma viagem até o Deserto do Atacama no Chile. A viagem ocorreu entre os dias 27/12 a 12/01/15, durante os quais o grupo percorreu 8.300 km, passando pelo norte da argentina e atravessando a Cordilheira dos Andes pelo Paso Jama na ida e Paso San Francisco na volta.

No norte da Argentina, ao invés de seguir direto de Resistência para Salta por cerca de 800km de muita reta e calor, fizemos uma rota mais ao sul, passando por Santiago del Estero, Tafi del Vale e Cafayate e não nos arrependemos, porque passamos por serras, vales, desfiladeiros, represas e montanhas até chegar a Salta.

G0161851

De Salta a Purmamarca, a boa dica é seguir pela Ruta 9, sentido La Caldera e Jujuy, uma linda estradinha asfaltada, mas estreita, cheia de curvas e muito verde. Além disso, chegando em Purmamarca, ao invés de entrar à esquerda na RN 52, siga direto até Tilcara e Humahuaca e depois volte pelo mesmo caminho, abastecendo em Tilcara. Em Humahuaca, almoce no "El Portillo", um estiloso restaurante do centro do povoado e visite o monumento "Quebrada de Humahuaca".

A passagem pelo Paso Jama em direção a San Pedro de Atacama, no Chile, foi tranquila. O Paso Jama, bastante conhecido dos motociclistas brasileiros, é todo asfaltado e não tem dificuldade de abastecimento de combustível. Tem cenários incríveis, como a "Cuesta del Lipan", as "Salinas Grandes" e o vulcão Licancabur, já próximo a San Pedro.

Após quatro dias de passeios em San Pedro de Atacama, seguimos até Antofagasta no Oceano Pacífico e passamos pela famosa escultura "Mão do Deserto", chegando a Copiapó, cidade chilena onde pernoitamos para a travessia do Paso San Francisco.

G0061493

O grande dia da nossa viagem foi a travessia de 470 km pelo Paso San Francisco, com paisagens magníficas e pelo menos dois desafios. O de pilotar 150 km de rípio bom, compactado, onde você pode acelerar entre 60 e 100 km/h e outros 60 km de rípio ruim, que mistura terra, areia e cascalho, acrescentando um pouco de aventura e adrenalina à viagem. Os outros 260 km são asfaltados.

O outro desafio é que, nesses 470 km, de Copiapó a Fiambala, na Argentina, não há abastecimento de combustível. Exceto pelas duas aduanas, não há mais nada. Não há água potável, eletricidade, comida, ou uma borracharia para consertar um pneu furado. É preciso levar água, comida (frutas secas e cereais em grãos e barras) e combustível extra. Das 4 motos que fizeram a travessia do San Francisco, duas foram ao chão em um trecho de areia, mas tanto os pilotos quanto as motos nada sofreram.

O relato completo da viagem e muitas outras fotos estão no meu blog viagensdemotocicleta.com

Mais Detalhes – Atacama - Paso Jama e Paso San Francisco

Motos: BMW GS 800, BMW GS 1200, Suzuki VStrom 650
Distância percorrida: 8.300 km
Duração: 17 dias.
Saída: 27 de dezembro de 2015
Chegada: 12 de janeiro de 2015
Estados brasileiros percorridos: Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná
Países percorridos: Brasil, Argentina e Chile

Roteiro

Dia 1 - São Paulo - Foz
Dia 2 - Foz - Resistencia
Dia 3 - Resistencia - Termas do Rio Hondo
Dia 4 - Termas do Rio Hondo - Salta
Dia 5 - Salta - Salta
Dia 6 - Salta - Purmamarca
Dia 7 - Purmamarca - San Pedro Atacama
Dia 8 - San Pedro Atacama
Dia 9 - San Pedro Atacama
Dia 10 - San Pedro Atacama
Dia 11 - San Pedro Atacama - Antofagasta
Dia 12 - Antofagasta - Copiapó
Dia 13 - Copiapó - Fiambala
Dia 14 - Fiambala - Santiago del Estero
Dia 15 - Santiago del Estero - Resistencia
Dia 16 - Resistencia - Foz
Dia 17 - Foz - São Paulo

Última modificação: Ter 3 Jan 2017

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
  • Nenhum comentário encontrado
Powered by Komento
Copyright˙© ViagemdeMoto
Reprodução permitida, desde que informado o autor e inserido link para a página de origem.