2º dia - A exuberante capital mineira

Minas Gerais
Igreja de São Francisco de Assis

Acordei cedo. O tempo estava bom e com temperatura bem agradável, ao redor de 24 ºC, pelo menos uns 9 ºC acima da temperatura de Valinhos, de onde havia partido no dia anterior. Depois do café e tudo devidamente preparado, segui de Betim para BH. Estava bem próximo e, como planejei, deveria estar no Hotel Mercure Lourdes antes das 9h da manhã, como planejado para aquele dia.

A (BR-381) estava com trânsito intenso, muitos carros e muitos caminhões, por isso, segui devagar. Havia combinado com minha esposa e filha que as esperaria no Hotel (elas voaram de Campinas (SP) para BH no inicio daquela).

De repente o trânsito ficou parado. Como eu não conheço aquele trecho, permaneci na faixa de rodagem e não invadi o corredor como o fizeram todos os demais motociclistas que trafegavam naquele trecho. Segui numa boa. Mais adiante compreendi o motivo: infelizmente um motociclista estava estendido no chão e a motocicleta, uma 125cc também deitada na pista à frente de um caminhão, segui como indicado pelos policiais e não me atrevi a olhar o estado do colega motociclista que já estava sendo socorrido.

Segui devagar pela faixa mais lenta e logo cheguei ao Hotel. Pouco depois esposa e filha chegaram. Estávamos todos bem e reunidos novamente.

Aluguei um automóvel e começamos a explorar a cidade: visitamos tudo o que pudemos naquela sexta-feira e ficamos impressionados com a beleza da capital mineira; com as ruas e avenidas bem planejadas; prédios antigos e em bom estado; obras arquitetônicas do famoso Oscar Niemeyer, arquiteto renomado, um verdadeiro artista que eu muito admiro.

Pontos Tops do dia:

  • O Conjunto arquitetônico da Pampulha é show de bola – a Igreja de São Francisco, projetada por Oscar Niemeyer e que conta com obras de Portinari, Ceschiatti, Burle Marx, Zamoiski e José Pedrosa. Não deixe de ver a Casa do Baile, casa do Juscelino e o museu de arte da Pampulha;
  • O edifício Niemeyer que fica perto da Praça da Liberdade; - O circuito cultura da Praça da Liberdade é imperdível;
  • Biblioteca Pública Estadual;
  • O restaurante Xapuri - comida mineira, dica de um amigo mineiro o Marcos Coelho;
  • O Mercado Central é super aconchegante.

Pontos negativos do dia:

  • O acidente com o motociclista no trecho entre Betim e BH.

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
  • Nenhum comentário encontrado

Conteúdo relacionado - Viagens pelo Brasil