Estrada Real - de Tiradentes a Carrancas

No dia 21 de abril, feriado de Tiradentes. A cidade estava em festa, tinha Banda de Música, cavalgada e várias atrações. Portanto, é justo fazer um destaque à cidade. Tiradentes é, com certeza, uma das mais belas cidades históricas do Estado de Minas Gerais. Caminhar pela pequena cidade, curtindo cada passo, é sentir o sabor e o aroma das Minas Gerais.

Nossa programação era permanecer na cidade boa parte do dia, então resolvemos lavar as motos, coitadas, já estavam pedindo um cuidado. Procuramos o Lava Jato do Paulinho, que já na chegada, foi nos recepcionando e dizendo que é apaixonado por moto, furou a fila e nos deu preferência. Lavamos as máquinas e conversamos bastante.

Assistimos à cavalgada com aproximadamente quinhentos cavaleiros, muita gente nas ruas, ônibus de excursões e turistas de todos os tipos. Permanecemos um tempo na praça central, onde a banda da Polícia Militar estava tocando, lanchamos e resolvemos seguir viagem, retornamos à Pousada para nos prepararmos, onde encontramos mais um aventureiro em duas rodas, o Sininho, ai a conversa rendeu.

Viagem de moto pela Estrada Real - Brasil

Continuando nossa viagem de moto pela Estrada Real, à tarde partimos rumo a Carrancas. Passamos por São João Del Rei, Santa Cruz de Minas, retomamos a estrada de terra com destino a Caquende, às margens do lago de furnas, onde pegamos a balsa para atravessar até a Capela do Saco. Na chegada da balsa, encontramos várias pessoas se banhando, pescando e apreciando aquele lago imenso, todos muitos simpáticos e curiosos com nossa aventura. Tomamos um refrigerante no Bar do Pinguinha em Capela do Saco, uma figura que nos divertiu muito. "Se sobrar, eu vendo, se faltar, eu compro" era Slogan do seu boteco.

Após Capela do Saco a estrada é boa, mas sem sinalização e existem várias encruzilhadas. Não tivemos problema, mas é um trecho que requer atenção para não se perder. A cinco quilômetros de Carrancas a Moto do Adeildo furou o pneu traseiro. O trecho até a cidade é de asfalto. Utilizamos um produto para reparar pneus e conseguimos chegar a Carrancas, onde procuramos uma borracharia. Pneu consertado, fomos para a Pousada Roda Viva, de propriedade do Sr. Ivan, onde fomos recepcionados uma comida especial e as acomodações são ótimas.

Última modificação: Qua 8 Fev 2017

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres

Conteúdo relacionado - Viagens pelo Brasil