Chapada dos Guimarães

O motociclista paranaense Jeferson Vasques fez uma viagem de moto de Curitiba até a Chapada dos Guimarães no Mato Grosso e compartilhou um diário com os acontecimentos, roteiro, dicas e informações sobre a viagem e os lugares que visitou.

De Curitiba à Chapada dos Guimarães

Toda viagem de moto requer bastante planejamento e preparação para eliminar ou minimizar possíveis problemas que podem aparecer. Quanto mais preparado você estiver, menos vai sofrer na estrada e mais vai aproveitar a viagem.

1º dia - Curitiba - Jales

O dia começou exatamente à 0 hora, quando consegui colocar a cabeça no travesseiro para descansar as minhas quatro horinhas merecidas. Mas pouco depois, quando estava quase pegando no sono, lembrei que tinha esquecido algo importante (ferrou): a lista dos hotéis que eu havia pesquisado para toda a viagem! Ia me fazer muita falta. Como não tenho impressora em casa, tive que passar no trabalho às cinco da manhã para imprimir a bendita lista :/ Queria estar na estrada antes das cinco, mas acabei conseguindo ir para a estrada às 05h30. mas tudo bem, pouca coisa :)

2º Dia - Jales - Pedra Preta

Nesse dia eu estive em três estados: São Paulo - Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Acordei, tomei aquele cafezão, lubrifiquei a corrente, arrumei a tralha (não necessariamente nessa ordem - rsrsrs) e parti pela SP 320 rumo a Aparecida do Taboado.

3º dia - Pedra Preta - Chapada dos Guimarães

Fui para a estrada às 9 horas (lembrando que todas as minhas marcações foram baseadas no meu horário PR, e não no fuso do MS ou MT, que é 1 hora menos). Continuei pela BR 364 sentido Rondonópolis. Como o dia seria bem mais curto, achei que não teria nenhum tipo de surpresa hehehe...

4º dia - Chapada dos Guimarães - São Gabriel do Oeste

E iniciava-se a volta. Dormi até um pouco mais tarde esperando que o tempo melhorasse, mas o milagre da viagem foi a minha gasolina ter acabado em frente ao posto rsrs. Já estava bom demais.

5º Dia - São Gabriel do Oeste - Icaraíma

Pulei cedo da cama e antes das 8 horas já estava na estrada. É inevitável, todo dia pela manhã, sentir aquela dorzinha nas mãos e antebraços quando você faz as primeiras trocas de marcha e acelera, mas depois acostuma.

6º Dia - Icaraíma - Curitiba

Sai por volta das 8h30 do hotel e o dia estava bem fresco e meio nublado. Segui por uma rota bem tranquila, desviando um pouco do trajeto original, pelo qual passaria por Umuarama. Segui pela BR 487 que logo se transforma em PR 082 e depois desviei para a PR 576, uma estrada bem tranqüila, em meio à natureza e que passa pela cidade de Tapira.

Resumo da Viagem de moto até a Chapada dos Guimarães

Nessa viagem de moto até a Chapada dos Guimarães, aprendi muita coisa, não só por ela ter sido mais extensa do que as outras que eu já havia feito, mas por ela ter sido mais INTENSA em todos os sentidos.