• Brasil
  • Publicado em:

As estradas mais bonitas do Brasil

Quais as estradas mais bonitas do Brasil para percorrer com uma moto? Apesar de nem sempre termos estradas que façam jus às paisagens onde estão inseridas, temos alguns lugares que podem fazer inveja em muitos países. Na maior parte falta estrutura de apoio e nem sempre elas recebem a manutenção periódica que precisam por parte dos governos responsáveis. Algumas nem pavimentação têm, mas as paisagens, de tirar o fôlego, compensam suas deficiências.

Vamos relacionar aqui as estradas mais bonitas do Brasil e gostaríamos de perguntar aos nossos leitores o que acham desta lista. Você conheçe alguma outra estrada além destas que você acha que deveria também ser citada?

Estrada da Graciosa

Estrada da Graciosa

Tudo para se conservar ao máximo esses 33 quilômetros de estrada, com sua aura de século 19 – até os paralelepípedos e pedras lisas da época foram mantidos, o que contra indica passar por ela de moto em dias de chuva. A Estrada da Graciosa foi inaugurada em 1873, e sai de Curitiba até Morretes, litoral do Paraná, seguindo pela serra do Mar e atravessando o trecho mais intacto de Mata Atlântica do Brasil.

O ideal é fazer a viagem sem pressa alguma, para admirar a bela paisagem. A beleza é tanta que, no caminho, o turista vai encontrar sete mirantes batizados de recantos (Vista Lacerda, Rio Cascata, Grota Funda, Bela Vista, Curva da Ferradura, Mãe Catira e São João da Graciosa), todos com vista para a baía de Paranaguá. A Estrada da Graciosa também limita dois importantes parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange.

Estrada Parque Ilhéus - Itacaré (BA-001)

Ilheus Itacare

A viagem entre Ilhéus e Itacaré tem apenas 65 quilômetros, mas esbanja belezas naturais. Os mais animados podem aumentar o tempo de viagem, fazendo trilhas em áreas remanescentes de Mata Atlântica nordestina, ou ainda visitar algumas praias desertas e paradisíacas. Concluída em 1998, a estrada foi a primeira do Brasil a ter controle ambiental durante toda as fases da obra. 

Estrada Real

Estrada Real
Um dos trechos mais bonitos da Estrada Real fica entre
Ouro Preto e Ouro Branco, em Minas Gerais

Estrada histórica com mais de 1,6 mil quilômetros, a Estrada Real é formada por caminhos abertos no século 17, durante o ciclo da mineração, para escoar a produção de ouro e diamantes de Minas Gerais até Paraty e Rio de Janeiro. Uma dica são os 515 quilômetros do chamado Caminho Novo. Eles são os mais novos da Estrada Real e vai do Porto de Estrela, em Magé, até Ouro Preto. Túneis, chafarizes e fazendas que foram transformadas em confortáveis pousadas fazem parte da paisagem típica dos séculos 18 e 19.

Entre as atrações estão o Parque Estadual do Ibitipoca, em Lima Duarte (MG), e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que ocupa parte do território de Petrópolis (RJ).

Linha Verde (BA-099)

Linha Verde BA

É conhecido como Linha Verde um dos trechos da BA-099, rodovia estadual na Bahia que liga Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, às praias do litoral norte, e com fim na divisa da Bahia com Sergipe. O trecho Linha Verde vai de Praia do Forte, em Mata de São João, até Mangue Seco, em Jandaíba, já na fronteira com Sergipe. A outra parte da BA-099, a primeira, é conhecida como Estrada do Coco, e vai do Aeroporto Internacional de Salvador até a Praia do Forte.

A estrada de 217 quilômetros foi duplicada há pouco tempo e há cobrança de pedágio, perto da entrada para Camaçari. Pela BA-099 é possível chegar a outros grandes pontos turísticos da região conhecida como Costa dos Coqueiros, como Arembepe, Praia do Forte, Imbassaí, Sítio do Conde e Sauípe.

Maceió - Maragogi (AL-101)

Maragogi

A uma hora e meia ao norte de Maceió (125 quilômetros de estrada), Maragogi enche os olhos dos apaixonados por praia e belas paisagens naturais e é o destino para quem começa essa viagem pela AL-101, estrada que atravessa todo o litoral alagoano. Com 22 quilômetros de praia, Maragogi tem oito praias deslumbrantes: Peroba, Dourado, Ponta de Mangue, Antunes, Barra Grande, Bugalhau, Maragogi e São Bento.

Bem no meio da chamada Costa Dourada, a região também é meio caminho para quem vai a Recife. Entre as belezas apreciadas durante a viagem, uma das atrações é a praia de Sonho Verde, entre Paripueira e Barra de Santo Antônio, com restaurante e lojas de artesanato. Entre Matriz de Camaragibe e Porto Calvo, é preciso cuidado redobrado, pois algumas curvas são bem fechadas. Entre Camaragibe e Maragogi, as paisagens ficam ainda mais bonitas, com a estrada passando ao lado do mar. Bem ao lado mesmo!

Petrópolis - Sana (BR-495)

Petrópolis Teresópolis BR 495

Conhecida como a Estrada das Hortências, a BR-495 liga duas das mais badaladas cidades da região serrana do Rio de Janeiro: Teresópolis e Petrópolis, chegando também a outras localidades, como o belo e pacato lugarejo Sana, na Serra de Macaé.

O percurso de 184 quilômetros é feito de Petrópolis até Sana, com destaque para o trecho entre Itaipava e Teresópolis, de onde se avistam muitos vales e a Serra dos Órgãos. Uma paradinha também em Nova Friburgo é quase obrigatória. A atenção tem que ser redobrada porque são muitas as curvas e a estrada não tem acostamento.

Rota do Sol Natal - Praia da Pipa (RN-063)

Rota do Sol Natal - Praia da Pipa

Conhecida também como Rota do Sol, a RN-063 começa na zona sul de Natal, na Praia de Ponta Negra, e passa pelas praias de Cotovelo, Pirangi, Búzios, Tabatinga, Camurupim e Barreta. O nome Rota do Sol é mais do que apropriado, já que a estrada interliga muitas das belas praias do litoral potiguar. Apesar das belezas que se vê no caminho, alguns trechos pedem maior atenção, já que não são tão bem sinalizados e são mais estreitos. Outro problema: animais podem, inesperadamente, cruzar a pista.

Quem está indo para Pirangi, no litoral sul do Rio Grande do Norte, tem que fazer uma parada obrigatória para conhecer o maior cajueiro do mundo. Com mais de 100 anos, a árvore ocupa uma área de 8400 metros quadrados, o que a levou ao Guinness Book (Livro dos Recordes). O famoso cajueiro fica na beira da estrada, a apenas 28 quilômetros de Natal.

Serra do Rio do Rastro (SC-438)

Serra do Rio do Rastro

Entre Bom Jardim da Serra e Lauro Muller, cidades da serra catarinense, a estrada desce a Serra do Rio do Rastro, em um percurso de 35 quilômetros que é o sonho de todo motociclista brasileiro. Muitas curvas fechadas fazem parte do cenário na SC-438 e, durante o inverno, uma fina camada de gelo pode cobrir a pista estreita.

No trajeto feito na SC-438, a uma altitude de 1.467 metros, há alguns quiosques para quem quiser descer e admirar a bela paisagem coberta pela mata Atlântica.

Via Serrana (BR-116)

Rota Romantica

Via-Serrana é a denominação regional para a BR-116, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Ela é a principal e maior rodovia do Brasil totalmente pavimentada, começando em Fortaleza (CE) e se estendendo até Jaguarão (RS), já na fronteira com o Uruguai, em um total de 4.385 quilômetros.

No Rio Grande do Sul, a Via-Serrana liga importantes cidades do Estado, como a capital Porto Alegre, Nova Petrópolis, Pelotas e Caxias do Sul. O caminho entre a capital gaúcha e Nova Petrópolis é conhecido como Rota Romântica, por ter paisagens bucólicas, com vales e cidades pequenas e lindas, como Morro Reuter e Picada Café.

Rio Santos SP-55 / BR-101

estrada rio santos

Existem outras opções de acesso ao Litoral Norte Paulista, mas a Rio-Santos continua a oferecer a vista mais deslumbrante e inesquecível da Serra do Mar, com as montanhas e o mar ao fundo. São 457 km de extensão, começando na cidade de Santos (aqui cabe um parêntese, uma vez que a rodovia não leva à região urbana da cidade de Santos, já que a extremidade da estrada fica na parte continental) e seguindo rumo ao Litoral Norte, passando pela chamada Costa Caiçara, e terminando no estado do Rio.

O primeiro trecho, conhecido como complexo SP-55/BR-101 tem retas mais longas e passa por praias famosas, como Boraceia, Jureia e Juquehy. Os destinos litorâneos mais famosos de São Paulo e sul do Rio de Janeiro, como Ilhabela, Ubatuba, Paraty e Angra dos Reis são acessados pela Rio-Santos.

Última modificação: Dom 22 Jan 2017

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres

Comentários (12)

Conteúdo relacionado - Viagens pelo Brasil