Argentina

Em mais um diário de viagem pelas "rutas" da América do sul, agora com minha esposa Bárbara, razão do Projeto "Mucho gusto" - 2008, ao noroeste argentino, que será apresentada a meus amigos.

Em 20 dias pensamos recorrer os ~ 5200 km, entre Garuva / SC (onde moro atualmente) e Salta na Argentina, testando e confirmando as qualidades de nossa nova princesa, a Lander 250cc. Esperamos curtir uma ótima viagem.

Os cariocas Marco Antônio Oliveira (Marcão), Carlos Soares da Silva (Vulcânico) e Mônica Giesta realizaram uma viagem de moto de mais de 5.500 km em 19 dias até Buenos Aires na Argentina.

Novamente pegamos a estrada em direção à Argentina com a finalidade de encontrar amigos de mais 3 nações "hermanadas". Desta vez, o encontro C.U.B.A. (nome alusivo aos 4 países participantes: Chile, Uruguai, Brasil e Argentina) ocorreu na cidade de La Rioja, capital da província de La Rioja, localizada no norte da Argentina.

Os motociclistas Marcírio Emílio e Sandro Custódio, de Santana do Livramento, RS, planejaram fazer uma viagem de sua cidade até Ushuaia, no extremo sul do continente americano. Eles iniciaram a viagem juntos, mas Sandro teve um problema com o motor de sua moto no interior da Argentina, tendo que retornar e enviar a moto por caminhão para casa.

Olá amigos, sou moto turista e faço viagens de moto. Conheço o Brasil do Oiapoque ao Chui, mais a Argentina, Chile, Uruguai e Guiana Francesa. No mês de novembro passado eu sai com minha Ténéré 250 cc para mais uma aventura, desta vez o destino foi Ushuaia, no extremo sul do continente, também conhecida como "El Fin del Mundo", ou Fim do Mundo.

Decidimos ir até Ushuaia e planejamos, alguns meses antes... Não conseguia decidir se iria com minha Harley ou com uma Trail. Minha amiga Eliane (49) utilizou uma BMW GS650 e meu amigo Marcelo (54) uma BMW F 800GS. Tenho também uma XRE 300 da Honda, mas achava ela fraquinha pra viagem, então decidi ir de Harlão mesmo (é assim que chamo minha Harley).

TENHO 59 ANOS, sou mineiro, mas moro em Brasília há bastante tempo. Quando era mais jovem fui piloto de caça da Força Aérea Brasileira e, há seis anos, me aposentei como Coronel. Em junho de 2011, estava à procura de uma nova profissão e me inscrevi num curso de "coaching" que seria realizado em 2012, na cidade de Pucon, no sul do Chile, região dos lagos e vulcões. E já que havia decidido ir, pensei que seria uma ótima ideia ir de moto, aproveitando a oportunidade para cruzar a Cordilheira dos Andes em minha Harley-Davidson Electra Glide.

Pilotando uma Suzuki Bandit 650S, o gaúcho Danúbio Lisboa fez uma viagem que durou 10 dias, durante a qual foi de Porto Alegre a Buenos Aires, percorrendo um total de 2.170 km de estradas do Brasil (Rio Grande do Sul), Uruguai e Argentina.

Tudo pronto após meses de preparação, roteiro definido, motos acertadas (2 Falcons e 1 Yamaha XT-660R), seguro carta verde feito, família preocupada e o trabalho... Bem o trabalho fica para depois. Enfim, tudo pronto e chega a temida crise. Não dava para adiar, afinal três motociclistas apaixonados pela estrada nunca iriam desistir de rodar mais de 8.000 km pelo sul do Brasil, Uruguai, Argentina e Chile, só por causa de uma simples crise, que o próprio presidente Lula classificou como apenas uma "marola".

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.