Entre os dias 3 e 29 de abril passado o casal goiano André Dias e Nilza fez uma viagem de moto para conhecer alguns dos lugares mais espetaculares da Cordilheira dos Andes, como Machu Picchu, Lago Titicaca, Salar de Uyuni e o Deserto do Atacama.

A viagem, de cerca de 10 mil km, foi feita com uma Honda Shadow. Eles saíram do Brasil pelo Acre, percorreram estradas do Peru, Bolívia, Chile e Argentina e retornaram ao nosso país por Foz do Iguaçu.

Alguns lugares que conheceram foram marcantes para o casal, como Machu Picchu, nas montanhas do Peru, que os deixou emocionados ao realizar um sonho de muitos anos, assim como o Lago Titicaca, onde conheceram a história dos Uros, o povo que vive em ilhas flutuantes feitas de totora, um vegetal com o qual constroem as próprias ilhas e as casas.

Como a maioria dos viajantes estrangeiros, eles também tiveram grandes dificuldades para abastecer sua moto na Bolívia, mas os apertos na estrada foram compensadas pelas paisagens cênicas do Salar de Uyuni.

O principal objetivo da viagem era chegar ao Deserto do Atacama. O casal ficou encantado com a cidade de San Pedro de Atacama, que recebe turistas e aventureiros de todo o mundo. No entorno da cidade eles visitaram duas das atrações do deserto: os Gêiseres del Tatio e o Vale de la Luna.

André Dias escreveu um diário detalhado da viagem e publicou no blog Rota 60 ilustrado por belas fotos que o casal registrou durante a aventura.

Mais Detalhes – Viagem de moto pela Cordilheira dos Andes

Motociclistas: André Dias e Nilza
Moto: Honda Shadow
Distância percorrida: cerca de 10 mil km
Duração: 27 dias.
Saída de Goiânia (GO): 3 de abril de 2016.
Chegada a Goiânia (GO): 27 de abril de 2016.
Estados brasileiros percorridos: Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Acre, Paraná e São Paulo
Países percorridos: Brasil, Peru, Bolívia, Argentina e Chile.

Roteiro

Viagem de moto américa do sul - roteiro

  • dia 1 – Goiânia – Rondonopolis
  • dia 2 – Rondonópolis – Pontes e Lacerda
  • dia 3 – Pontes e Lacerda – Ji Paraná
  • dia 4 – Ji Paraná Porto Velho
  • dia 5 – Porto Velho – Rio Branco
  • dia 6 – Rio Branco – Ibéria
  • dia 7 – Ibéria – Mazuco
  • dia 8 – Mazuco – Cusco
  • dia 9 – Cusco – Ollantaytambo
  • dia 10 – Machu Picchu
  • dia 11 – Ollantaytambo – Cusco
  • dia 12 – Cusco – Puno
  • dia 13 – Lago Titicaca
  • dia 14 – Puno – La Paz
  • dia 15 – La Paz – Uyuni
  • dia 16 – Salar de Uyuni
  • dia 17 – Uyuni – La Quiaca
  • dia 18 – La Quiaca – Purmamarca
  • dia 19 – Purmamarca – Paso Jama
  • dia 20 – Passo Jama – San Pedro de Atacama
  • dia 21 – Deserto do Atacama
  • dia 22 – San Pedro de Atacama – Salta
  • dia 23 – Salta – Resistência
  • dia 24 – Resistência – Santa Ana das Missões
  • dia 25– Santa Ana das Missões – Foz do Iguaçu
  • dia 26 – Foz do Iguaçu – São José do Rio Preto
  • dia 27 – São José do Rio Preto – Goiânia

Comentários (4)

  1. Luiz Carlos Reis

Olá irmão.
Parabéns pela viagem e aventura!
Estre trecho entre Uyuni passando por LaQuiaca até Purmamarca é todo asfaltado? Estou planejando passar por lá de moto em janeiro de 2019.
Grande abraço!

  1. Rômulo Provetti    Luiz Carlos Reis

Olá Luiz Carlos.
A Ruta 5, entre Uyuni e Potosí e a Ruta 14, entre Potosí e Villazón/La Quiaca são asfaltadas. A Ruta 21 é de rípio.

  1. Luiz Carlos Reis    Rômulo Provetti

Bom dia,

Muito obrigado pela ajuda.

Grande abraço!

  1. ROBERTO CARLOS OBELAR RODRIGUES

Parabéns André, to me programando para setembro desse ano, Rio Grande,RS, até Machu Piccho, numa XT, espero que de tudo certo peguei varias dicas abração.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.