Neste dia acordei cedo e às 5h30min já estava na estrada para enfrentar retas intermináveis dessa minha viagem de moto pelo norte da Argentina.

Quando vi que teria problemas com a mão por manter acelerado o manete por muito tempo eu improvisei um piloto automático, nunca pensei que precisaria, mas para fazer esta viagem foi extremamente útil.

Postos de gasolina no caminho são poucos e a gasolina costuma faltar em vários deles. Tinha filas aguardando, mas eu não quis esperar, usei meu galão de 5L e abasteci com o troco dos dólares do hotel e uns trocados que tinha no bolso.

Cheguei a Jujuy na reserva, abasteci no credito e fiquei em um hotel pagando U$ 22,00.

O dia estava bom, mas os insetos da ruta 16 incomodaram muito, tive que lavar o capacete e a bolha da moto.

Percorridos 680 km

Comentários (2)

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá amigo, parabéns pela coragem de enfrentar uma viagem destas sozinho. Fiquei curioso com o tal "piloto automático". Será que você poderia me dizer como fez? abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

Ola! O piloto automatico feito para moto é uma rosca de aperto q fica dentro do guidão e qndo vc gira o acelerador vc rosqueia e ele segura para nao voltar. Porém o q eu fiz foi por um elastico entre o manete e os a peça onde fica os cabos de aceleração q permitiu q ele não voltasse ao tirar a mão. Com isso eu acelerava e podia descansar ambas as mãos e tirar fotos em movimento. Foi fácil fazer. Mas o q se vende nas lojas é melhor e mais prático.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Motos Adventure - expedição de moto pelo mundo

Livro sobre viagem de moto até o Atacama