4º dia - Dionisio Cerqueira - Posadas

Levantamos tranquilos, tomamos o café sem pressa e depois iniciamos a nossa viagem de moto. A imigração foi tranquila, fizemos câmbio a 5 pesos por 1 real e sentamos o pau nas máquinas. A primeira rodovia da Argentina que passamos, sob um céu de brigadeiro e sol de nordestino, foi a ruta 17 até Eldorado.

Em Eldorado estava um sol escaldante, beirando o insuportável. Entramos na ruta 12 e logo paramos. Rodovia completamente parada por uns 30 min, dos dois lados, devido a protestos por trabalho registrado.

Viagem de Moto Deserto do Atacama 04 01

Depois que liberaram, começou uma chuvinha gostosa que foi bem-vinda para refrescar. De repente, começou um dilúvio bíblico. Caiu um mundo de água em cima da gente. Achamos um ponto de ônibus e ficamos um pouco por lá esperando. Depois de uma estiada, voltamos para estrada e caiu o mundo de novo. A estrada sumiu! Não dava pra ver nada, somente a luzinha de lanterna do carro da frente! Foi perrengue! A enxurrada passou do meio das rodas e não tinha lugar para parar. Faltando uns 40 km para Posadas é que melhorou.

Viagem de Moto Deserto do Atacama 04 02

Em resumo, era para ser o dia mais tranquilo da viagem e, no final, foi o mais complicado até então. Mas viagem boa é assim, sempre tem algo inesperado.

Viagem de Moto Deserto do Atacama 04 04

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
Seu comentário será enviado para moderação pelo administrador.
  • Nenhum comentário encontrado

Conteúdo relacionado - América do Sul