O dia amanheceu fechado e chovia muito. Pegar chuva depois que já se está na estrada é uma coisa, mas sair com chuva desanima. Esperei para ver se pelo menos reduzia um pouco. Lá pelas 11hs00 quase que parou. Me despedi da turma de Uberlândia, que seguiria para Salta para tentar consertar a transmissão da moto do Duda, e peguei estrada em direção a Corrientes.

Apesar de dormir bem à noite, saí tarde de Corrientes. A ansiedade era grande para chegar logo ao Brasil. A estrada contorna o Paraguai o tempo todo, mas apesar de próximo, não cheguei a ver a fronteira com aquele país. A partir de Posadas, pela primeira vez eu passava por uma estrada que já havia percorrido nesta viagem. Alguns lugares eu reconheci, outros não.

Conforme havia programado, passei um dia em Foz do Iguaçu para conhecer as atrações da cidade. Deveria ter programado ficar dois, pois só a visita ao Parque Nacional do Iguaçu tomou todo o dia. E o passeio é fantástico. A quantidade de água que passa pelas gigantescas e inúmeras cachoeiras é muito grande. Tirei mais de 400 fotos só no parque e algumas eu publiquei aqui.

Meu retorno para BH será através de Curitiba, aumentando em mais de 150 km o percurso em relação à ida, mas terei a oportunidade de passar por uma outra rota e conhecer Curitiba.

A estrada não está ruim, mas a maior parte é de pista simples, muito movimentada principalmente por caminhões e com poucos pontos de ultrapassagem, o que tornou a viagem mais lenta e cansativa.

Logo cedo fui para Curitiba para conhecer alguns dos seus pontos turísticos. Rodei bastante de moto pela cidade. O que mais me chamou a atenção foi o Jardim Botânico, com sua estufa de ferro e vidro que é realmente muito bonita, e os jardins muito coloridos.

Saí cedo de Campo Largo, cidade próxima a Curitiba onde estava hospedado. Tive alguma dificuldade para achar a BR 116 devido sinalização precária. Mas logo estava em viagem. O sentimento é de que a viagem está chegando ao fim. Já; estou com saudades.

A viagem fechou com chave de ouro no último dia. Antes de pegar estrada em direção a Belo Horizonte, encontrei com os amigos do Fórum Biduzidos no Shopping Serrazul, um conjunto de lojas que fica sobre a Rodovia dos Bandeirantes e é ponto de encontro dominical dos motociclistas paulistas. A turma compareceu em peso ao encontro, onde tive a oportunidade de rever velhos amigos e conhecer novos.

Página 2 de 3