Retas, retas e mais retas. Numa das fotos que tirei dá pra ver que a estrada desaparece no horizonte. A primeira reta que peguei, saindo de Ribeirão preto, só acabou quando cheguei à ponte que atravessa o Rio Tietê (foto em seguida). Andei uns 200 km sem fazer uma única curva.

Aí foi chuva, chuva, e mais chuva. No princípio uma chuva fina, depois caiu o céu. Em Marília tive que parar num posto, onde não sei se chovia mais debaixo da cobertura ou fora, de tanta goteira. Assim que diminuiu eu retornei pra estrada.

Apesar da chuva a viagem transcorreu tranquila. Saí de Ribeirão Preto às 09:30 horas e cheguei em Londrina às 15:30 horas. Seis horas para 500 km. E não corri. Como a estrada tinha muitas retas, a velocidade aumentou para em torno de 110-120 km/h, e poderia ser maior, pois o pavimento é até bom. Exceto poucos trechos com alguns buracos (que por sorte não caí em nenhum), está conservada e as retas dão segurança para desenvolver uma velocidade maior.

Atravessei o Estado de São paulo sem pagar um pedágio sequer. Mas quando entrei no Paraná fui assaltado: R$ 5,00 o pedágio para motocicletas. E não significou melhora na estrada. Manteve o mesmo nível das que passei em Minas e São Paulo.

Estou num hotel muito bom também. Tem TV a cabo, ar, frigobar, estacionamento pra moto e internet. Fica próximo de um supermercado onde comprei umas Hoegaarden, que esfriei no frigobar e tomei para relachar um pouco. Para quem não conhece, é uma cerveja de trigo belga muito boa. Fiquei no hotel o tempo todo, assistindo tv e tentando relaxar para continuar a viagem amanhã, de modo que não deu nem para conhecer Londrina.

Amanhã é o último trecho em território brasileiro. Vou tentar sair mais cedo para chegar em Foz do Iguaçu mais cedo também e ajeitar as coisas na aduana. Espero não ter problemas para atravessar a fronteira.

 

Comentários (1)

  1. Wolfmann

Rômulo, o consumo elevado parece ser normal por conta da qualidade da gasolina. Hoje estive com um amigo que chegou de Bonito - MS e reclamou a mesma coisa sobre o consumo.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.