Roteiro da viagem de moto ao Deserto do Atacama

Em maio eu fui convidado por dois colegas para fazer uma viagem de moto até o Chile. A intenção, além de conhecer aquele país e todos os lugares que passaríamos até chegar lá, era acompanhar uma das etapas do Rally Dakar, que foi transferido este ano da África para a América do Sul.

Há alguns anos eu sonhava com uma aventura neste nível e o convite veio bem ao encontro deste sonho. Aceito o convite, passei a me preparar para a viagem, ajustando data das férias, equipamentos, acessórios, moto, documentos, planejando possíveis roteiros, sonhando com a aventura e me preparando para a parte mais dolorosa desse tipo de aventura que é a distância da família por todo o período da viagem.

Um destes colegas já vinha ventilando a possibilidade de não poder participar, mas não descartando definitivamente sua ida. O outro sempre demonstrou estar firme no propósito de participar da viagem, o que sempre me motivou a levar em frente meus planos. Eis que há poucos dias eu recebi a informação de que ambos não iriam mais.

Roteiro da viagem ao Atacama

Depois de toda a preparação, dos recursos financeiros e tempo dispendido, ponderei bastante e decidi manter firme a programação. Cumprirei o planejado mesmo que sozinho. A partir do dia 02 de janeiro de 2009 seguirei o roteiro abaixo, percorrendo mais de 9.000 quilômetros de estradas de três países, Brasil, Argentina e Chile. Os cuidados, é claro, serão mais intensos, mas uma viagem solitária também tem suas vantagens e é nelas que me concentrarei para tornar mais agradável esta que será a viagem da minha vida.