O dia amanheceu fechado e chovia muito. Pegar chuva depois que já se está na estrada é uma coisa, mas sair com chuva desanima. Esperei para ver se pelo menos reduzia um pouco. Lá pelas 11hs00 quase que parou. Me despedi da turma de Uberlândia, que seguiria para Salta para tentar consertar a transmissão da moto do Duda, e peguei estrada em direção a Corrientes.

Era muito chão até Corrientes (970 km), então fui pensando num lugar no meio do percurso onde poderia pernoitar. O Gustavo sugeriu Saenz Peña, então fui com esta cidade na cabeça. O melhor seria sair bem cedo e fazer o percurso num tiro só, pois as cidades pelas quais passei são bem pequenas e sem estrutura. Como saí tarde de Jujuy, não daria para fazer desta forma, tendo que me conformar em fazê-lo em dois dias.

A chuva parou depois que percorri uns 50 km, mas o tempo fechado me acompanhou quase toda a viagem de hoje. Melhor, pois a região é bem quente. As nuvens atenuaram bem o calor, o que me permitiu viajar quase que o tempo todo de jaqueta e luvas.

Nas paradas nos postos de combustível a moto chamou a atenção de muita gente, principalmente das crianças.

Cheguei à cidade de Presidencia Roque Saenz Peña já noite. Estava bem movimentada, com muita gente em uma grande praça no centro. Fui procurar um hotel e o melhor que achei era uma droga. A moça que me atendeu disse que tinha ar condicionado. Olhem nas fotos o que é o ar condicionado. Pedi para trocar de quarto porque o primeiro que me deram não tinha água no banheiro. No segundo quarto tinha água, mas quando fui tomar banho, quem disse que esquentou? O rodo que se vê no banheiro da foto é um acessório obrigatório e muito útil.

Tomei um banho de gato e fui dar uma volta. Passei em frente a um banco e lembrei que o Duda (de Uberlândia) tinha me dito na noite anterior que ele estava sacando dinheiro nos caixas eletrônicos utilizando o cartão de crédito e não o cartão bancário. Experimentei e não é que deu certo. Saquei AR$ 200,00 com muita facilidade. Estava economizando a vários dias sem saber que poderia sair do aperto com tanta facilidade.

Aproveitei que agora estava com um pouco de dinheiro e fui a um restaurante muito bom onde comi um bife de chorizo delicioso e tomei uma cerveja Quilmes.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização