Quem fizer uma viagem até Ushuaia ou pela Patagônia e não vier conhecer o Glaciar Perito Moreno deixou de fora uma das atrações mais impressionantes da região. Ele é realmente tudo que eu havia lido e ouvido falar a respeito.

Eu havia contratado um passeio pelo glaciar em uma agência de El Calafate, que consiste em fazer uma caminhada sobre o gelo. Existem dois tipos de passeio, o big e o mini. Como não sabia se meu joelho iria aguentar uma caminhada mais extensa, escolhi fazer o passeio mini. E foi uma decisão acertada, pois saí de lá cansado e suado, apesar do frio intenso.

O passeio foi marcado para iniciar às 11h30 e duraria até 16 horas. Levei um lanche e água que havia comprado no supermercado. Saí de El Calafate às 9 horas para percorrer os 80 km que levam até o Glaciar. Uma bela estrada, que contorna uma parte do Lago Argentino e depois de entrar no parque foram 32 km de curvas fechadas, que devem ser feitas com cuidado, principalmente por causa da paisagem, que prende a atenção de tão bonita. A todo momento dava vontade de parar para fotografar.

Viagem de moto até Ushuaia - Argentina - Glaciar Perito Moreno

Cheguei ao parque e faltavam ainda mais de uma hora para o horário que devia me apresentar no porto, de onde iniciaria o passeio, então fui para as passarelas apreciar o paredão de gelo. Deixei a moto no estacionamento e peguei o micro ônibus que faz o percurso até o alto das passarelas. Caminhei pelos mirantes, tirei muitas fotos e quando percebi, faltavam apenas 9 minutos para o horário que haviam marcado para estar no porto. Na hora lembrei da moça falando que se não chegasse no horário marcado perderia meu ticket e não haveria reembolso. Tinha que subir toda a passarela, pegar o micro ônibus e voltar ao estacionamento, que fica a pouco mais de 1 km de distância, pegar a moto e percorrer os 7 km até o porto. Cheguei ao alto e perguntei ao motorista do micro ônibus quanto tempo ele demoraria para sair. Dez minutos, ele respondeu. Não dava. Sebo nas canelas, corri o 1 km pela estrada o mais rápido que pude. Cheguei ao estacionamento sem fôlego e vi dois motociclistas estacionando suas motos ao lado da minha. Um homem e uma mulher. Cheguei, cumprimentei e eles começaram a puxar papo. Eram alemães. A mulher viu a placa e perguntou: - "Você é de Belo Horizonte?" - "Sim, sou." (Os chilenos não conhecem Belo Horizonte, mas os alemães conhecem - não vou falar de futebol...). Pedi desculpas, montei na moto e saí mais que apressado. Cheguei 10 minutos atrasado. Me indicaram um lugar para parar a moto, uma descida de cascalho com pedras enormes e soltas. Escorreguei a moto até o lugar, estacionei e segui para o guichê. Pier 5, indicou a moça. Havia uma fila lá. Cheguei e ainda esperei uns 10 minutos.

Viagem de moto até Ushuaia - Argentina - Glaciar Perito Moreno

Pegamos um barco que devia caber umas 60 pessoas e todas as poltronas estavam ocupadas. Pediram para ficarmos todos no interior, sentados nas poltronas, mas assim que o barco distanciou do porto autorizaram sair para a parte de trás ou de cima da cabina. E foi todo mundo para fora, tirar fotos. Não sei dizer qual distância passamos do gelo, mas ele parecia ainda maior que das passarelas.

Ao chegar ao destino, o lugar estava tomado de blocos de gelo. O piloto teve que fazer uma série de manobras para afastar os icebergs, até que conseguiu atracar. Desembarcamos e fomos recebidos por um guia, que nos levou até um prédio de apoio, onde nos disse que poderíamos fazer um lanche e ir ao banheiro que mais tarde iniciaríamos a caminhada até o glaciar.

Dali um tempo ele começou a chamar a turma. Pediu que quem fosse acompanhar o passeio com orientações em inglês que fosse para um canto e quem fosse acompanhar em espanhol fosse para o outro. Eu fiquei no meio, esperando que abrissem um grupo em português, mas não foi dessa vez. No grupo em inglês, duas mulheres (alemãs) e no outro um batalhão de gente. Corri para o lado das alemãs. Esperava que não falassem de futebol também.

Viagem de moto até Ushuaia - Argentina - Glaciar Perito Moreno

Fomos para um local onde havia um cartaz e o guia deu uma aula de uns 10 minutos sobre o glaciar. Em seguida incluíram no nosso grupo mais umas 10 pessoas, para contrabalançar um pouco, porque o outro grupo estava muito cheio. Fizemos uma caminhada por um bosque até um local próximo ao gelo, onde colocaram nos nossos pés os Grampons, grampos para andar no gelo. Começamos a andar e logo estávamos percorrendo o glaciar. Os grampons ajudam a estabilizar, mas são pesados e a caminhada exige um pouco de esforço. Passamos ao lado de fendas, atravessamos pequenos córregos de água de degelo, subimos, descemos e eu tirei muitas fotos.

No final, chegamos a um lugar onde haviam copos sobre uma mesa. Serviram bombons, um dos guias foi ao paredão e retirou pedras de gelo que jogou sobre os copos. Em seguida colocaram uma dose de whisky em uma parte dos copos e água sobre a outra. Brindamos o passeio e retornamos para a terra, onde retiramos os grampons, e fizemos a caminhada de volta até o posto de apoio.

Viagem de moto até Ushuaia - Argentina - Glaciar Perito Moreno

Alguns minutos depois nos chamaram para embarcarmos. Rapidamente estávamos no porto. Desembarquei e fui direto para a moto. Enquanto arrumava para voltar, vários dos companheiros de passeio vieram conversar, perguntar sobre a moto e demostrar surpresa quanto à viagem. Todos achavam que tinha chegado ali de avião.

Retornei a El Calafate, onde parei no restaurante de ontem para trocar uns dólares. Hoje havia baixado para 11,7 pesos por dólar. Depois voltei para o hotel para dormir e descansar, porque amanhã o dia promete ser longo.

Comentários (4)

This comment was minimized by the moderator on the site

Maravilha de dia, não considero caro o passeio pela magnitude do prazer, a recompensa da paisagem. Siga com Deus.

This comment was minimized by the moderator on the site

Realmente ir ao Perito Moreno tem que fazer o passeio sobre o glaciar e tomar o whiskey com gelo milenar não tem preço
Grande abraço, sempre com Ele na garupa

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Romulo
Viagem fantástica.
Parabéns pela coragem da aventura "solo".
Grande desafio agora, encarar a Ruta 40 de HD.
Desejo sucesso
Ruy Barbosa - Belo Horizonte -MG

This comment was minimized by the moderator on the site

Glaciar Fitz Roy, Glaciar Perito Moreno, Parque Torres Del Paine, escolher o melhor... é a de Harley andando por eles. Ótimas fotos, agora 600km até Perito Moreno pela 40. Boa Viagem e grato por compartilha-la conosco.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização