Como o percurso era curto hoje, demorei para sair do hotel. Eram mais de 10h30 quando finalmente cheguei à Ruta nacional 3 para continuar minha viagem de moto em direção a Ushuaia. A estrada está em ótimas condições nesse trecho, sem buracos ou irregularidades e muito bem sinalizada. O movimento de carros e caminhões está acima do que eu imaginava. O tempo todo estou cruzando com veículos, ultrapassando ou sendo ultrapassado. A velocidade de cruzeiro continua sendo de 110 km/h.

Mas antes de ir para a estrada, passei na réplica da única das cinco naus do Fernão de Magalhães que conseguiu completar a viagem de circum-navegação da terra. O canal que vou atravessar para chegar à terra do fogo recebeu o seu nome.

Nos primeiros quilômetros eu peguei um vento forte, que não sei bem de que lado vinha. A moto seguiu sem muita dificuldade, exceto pelo consumo que aumentou, mas eu senti bem os solavancos, principalmente na cabeça. Parecia que tinha uma britadeira em cima do capacete, que vibrava para todos os lados. Depois que passei por Piedra Buena, voltou ao normal. Quando passei pela placa que mostra uma árvore torta por conta do vento, nem ventando estava.

DSCN1688

Logo no início passei por uma placa que indicava o mirante para o Gran Bajo San Julian. Parei para ver e uma placa indica que o lugar é uma depressão com até 107 metros abaixo do nível do mar.

A paisagem da Patagônia não mudou em relação a ontem, desértica, árida, quase estéril, com pequenos arbustos e capim seco.

Cheguei a Rio Gallegos ainda cedo, por volta das 15 horas. Passei em um posto onde abasteci a moto e depois fui para o hotel que havia definido como o primeiro da lista. Uma decepção. Cheiro de mofo, quarto com papel de parede descolando e uma ambiente deprimente. Fui para o seguinte, que é um pouco caro, mas bem melhor, e acabei ficando nele. Hotel Sehuen. Pagamento adiantado.

Depois de atualizar o site, ler as mensagens e e-mails, saí para um passeio pelo centro da cidade, à pé. Achei um restaurante / lanchonete que vende pizzas, pratos prontos, hamburguers, etc. e entrei. Pedi um bife de chorizo com papas fritas e uma cerveja de litro. Tava bom, mas o que comi ontem em Puerto San Julián estava mais gostoso. E ontem era uma birosca. Amanhã, acordar cedo para atravessar duas fronteiras, um canal e chegar ao destino principal da viagem: Ushuaia.

Comentários (7)

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito bom até agora ! Parabéns.

Engraçada a foto da placa do vento lateral.

This comment was minimized by the moderator on the site

Grande Provetti! Obrigado pela carona virtual. Parabéns por mais esta aventura.

This comment was minimized by the moderator on the site

Da cidade do vento até o fin del mundo. Boa Viagem.

This comment was minimized by the moderator on the site

Rômulo, estou acompanhando sua aventura. Parabenizo pelos relatos que nos permite compartilhar com as suas experiencias. Boa Viagem. Abraços. Pedro Robisson, o ruim de curva.

This comment was minimized by the moderator on the site

Rômulo, ótimo diário de viagem, meu marido e eu estamos te acompanhado diariamente para programarmos a nossa viagem para Ushuaia em breve.
Que Deus te acompanhe e sucesso !!!!!!!

This comment was minimized by the moderator on the site

Ahhh garoto! Mandando muito bem! Acompanhando, abçsss

This comment was minimized by the moderator on the site

Fantástica está sendo essa viagem, amigo.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização