Entrar

3º dia - Chajarí até Buenos Aires

Viagem de moto até Ushuaia

Toque de alvorada às 6 e saída às 7 horas para continuar nossa viagem de moto até Ushuaia. Depois de um café muito humilde servido pelo hotel, lá se vai o grupo em direção a Buenos Aires, seguindo pela ótima Ruta 14 com uma pista duplicada e ótimo asfalto, de dar inveja a qualquer rodovia brasileira.

Em uma tocada em velocidade próxima do limite de velocidade da via, o grupo realiza paradas a cada 150 km para esticar as canelas e completar o tanque. Há mais postos com bandeira branca nesta região e a média não é lá aquelas maravilhas.

Antes do almoço a chuva, que já se anunciava, chegou pra valer, mas não conseguiu pegar o grupo desprevenido. Com o asfalto liso e com muita água, a velocidade de deslocamento despencou para um nível que transmitia segurança a todos.

Perto do almoço o grupo escolheu unir abastecimento e refeição em um mesmo local. Escolha infeliz, já que o casal, dono do restaurante, parecia destestar clientes. Nem bem começou o entra e sai pela porta do restaurante, o casal se revezava nos apelos a plenos pulmões de "cierre la puerta". Ouvimos isso umas 10 vezes. Mas o mais cômico foi a cidadã responder a pergunta: - "Qual seu nome?" - "No tengo nombre!." Um atendimento digno de registro negativo, é claro, e uma única opção (bisteca com ovo frito e salada).

Viagem de moto até Ushuaia

O grupo se lança à chuva novamente que ia e vinha até nos aproximarmos da capital argentina, onde fomos recebidos por um trânsito infernal acompanhado de um calor medonho. para ajudar, o GPS insistia em nos levar para qualquer lugar que não fosse o destino digitado. Resultado? Uns retornos a mais e pedágios também.

Na chegada à Plaza de Mayo, procuramos um local para estacionar as motos e procurar um hotel que atendesse à vontade da maioria. Na saída, uma moto resolveu fazer manha e ficar sem partida. Novamente a equipe de mecânicos se lançou sobre a motoca com cabo para transferência de energia e seguimos para o hotel escolhido.

Logo depois, uma saga teve início ao visitarmos pelo menos nove estacionamentos que aceitassem motocicletas para pernoite.

Já no hotel, o negócio foi banhar os corpinhos santos e lavar tudo aquilo que pudesse secar durante o dia de folga que se aproxima.

Comentários (1)

  1. Clovis Cendon

Vamos que vamos......
Aproveitem o descanso.....
Tirem bastante fotos. ....
Fiquem com Deus.
Estou aqui na torcida e apoio. ...

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização