Viagem de moto até o Uruguai

Levantamos com muita energia. Tomamos um belo café da manhã e partimos rumo a Londrina no Paraná. Como um "bando de crianças felizes", partimos em nossas máquinas por uma linda estrada, sob um céu azul brilhante.

Tudo ia muito bem em nossa viagem, até que minha moto, sem "avisar", arriou a bateria. A sorte é que estávamos chegando a Marília, ainda no estado de São Paulo, mas como era sábado, o comércio estava fechado.

Como achar uma bateria nova?

Viagem de moto até o Uruguai

Nosso capitão de estrada, Paulo Gois, pegou uma marginal da estrada e, de repente, foi abordado por um cidadão em um Monza, o João, proprietário de uma Honda Galo 750 cc, que nos levou a uma loja de uns amigos, que por sorte ainda estava aberta, a New Center motos, do Márcio e Dionízio, que tinha uma bateria.

Fomos muito bem recebidos e enquanto a nova bateria era ativada com uma pequena carga rápida, nossa baterias também reclamavam por uma carga, então improvisamos com dois frangos assados e Coca-Cola, pois a fome apertou.

Viagem de moto até o Uruguai

Viagem de moto até o Uruguai

Era só Cansaço e a temperatura batendo forte, mas também havia muita alegria.

Finalmente, com a nova Bateria colocada, partimos rumo a Londrina, com uma breve parada na divisa de São Paulo com o Paraná para a tradicional foto.

Viagem de moto até o Uruguai

Chegamos a Londrina e já eram quase 6 horas da tarde, tomamos aquele banho e optamos por jantar no hotel, um bistrô muito interessante.

Viagem de moto até o Uruguai

Amanhã bem cedo partiremos rumo a Treze Tílias, em Santa Catarina e teremos um dia parado para um breve descanso e aproveitar para comer as delicias das Tirolesas fora da Áustria.

Texto escrito por Mauricio Borém