Entrar

Resumo da viagem de moto pela Europa

Viagem de moto pela Europa - Travessia dos Alpes

No total foram percorridos cerca de 2.266 quilômetros em 6 dias através de 5 países. Com uma média de 378 quilômetros percorridos por dia, vale ressaltar que passei mais do que 8 horas na estrada a cada dia de viagem.

Mesmo podendo percorrer os passes com uma velocidade relativamente alta, a quantidade de curvas e a necessidade constante de concentração cansam.

Para curtir esta tour, recomendo calcular o dobro de tempo por etapa. Os trajetos pelos Alpes são lindos e no caminho há sempre uma diversidade enorme de atrações a serem curtidas com tempo e tranqüilidade. Mesmo com o clima desfavorável, lembro com carinho desta viagem.

Para programar uma viagem através dos Alpes, recomendo observar os seguintes detalhes:

  • O período viável de viagem vai de maio até outubro. Alguns passes poderão estar fechados em maio e vir a fechar em outubro devido à neve ou mau tempo. A época ideal de viajar é entre junho e setembro. Em agosto é período de férias escolares no sul da Alemanha e nos países ao sul, sendo que as estradas ficam sobrecarregadas
  • Usar roupa apropriada (para calor, frio e chuva).
  • Levar colete de sinalização para o caso de necessidade de parar na estrada (uso obrigatório na Áustria, Suíça, Itália e França).
  • Observar e cumprir as velocidades determinadas pelas placas de trânsito, principalmente no perímetro das cidades (na Suíça a moto pode ser aprendida com uma infração de velocidade de 10 Km/h acima do permitido).
  • Não ultrapassar comboios de carros parados nas sinaleiras ou andando bastante devagar na Alemanha. Nos outros países, esta atitude é permitida.
  • Falar no mínimo o idioma inglês. O domínio de outras línguas facilitará não só a comunicação, mas também a assimilação das culturas.

Espero ter despertado seu desejo de viajar pelos Alpes de motocicleta. Desejo a todos leitores um bom planejamento e uma bela tour pela Europa!

Comentários (2)

  1. André Ramon

Caro colega motociclista...

Muito top a sua trip. As fotos ficaram lindas! Os relatos, sucintos, objetivos, muito interessantes.

Gostei bastante do que li e vi. Confesso que viajar pela Europa não seja, digamos, um sonho ou objetivo. Pelo menos não por agora. Mas, com certeza, seus relatos servirão, caso essa situação mude, de fonte de pesquisa e planejamento.

Eu moro em Brasília/DF. Estou planejando e ensaiando a minha primeira motoviagem fora dos limites do meu país. estou planejando conhecer Ushuaia, na Argentina. Espero conseguir realizar essa trip até o final do ano que vem. Vamos ver se vai ser possível.

Depois que conseguir concluir essa, daí vou saber realmente quais são meus limites de pilotagem. Explicando: Todas as minhas motoviagens foram em território nacional. Clima tropical. O maior frio que enfrentei por exemplo, foi na subida do Morro da Igreja, em Santa Catarina. Creio que estava uns 10º positivos. Ou seja, nem de longe enfrentei um frio tão intenso quanto o que você relatou.

Eu já viajei com calor intenso, chuva, estradas com pavimentação ruim ou mesmo sem pavimentação, mas, nunca enfrentei ventos fortes como os que são relatados por quem foi para a região da Patagônia e nem o frio que você mencionou. Creio que quando eu for, se é que vou, ai sim vou conhecer melhor meus limites de pilotagem.

Bem, esse comentário já tá virando jornal... KKKKKKKK... Melhor ir me despedindo por aqui, não sem antes te agradecer por compartilhar conosco sua trip. Valeu demais camarada.

Que Deus possa te abençoar muito, permitindo várias e várias oportunidades como essa em sua vida, garantindo vida, saúde e recursos pra que a alegria de pilotar uma motocicleta por lugares maravilhosos como esses que você nos mostrou seja uma constante na sua vida.

Sucesso, tudo de bom e um grande "motoabraço!!!!"


André Ramon.

  1. Marco Paludo    André Ramon

Caro André,

Obrigado pela sua mensagem e feedback!

Fazer uma viagem a Ushuaia certamente será muito interessante e desafiador, com condições climáticas parecidas com as que enfrentei nesta viagem. E de Brasília a Ushuaia será uma quilometragem enorme. Por isto recomendo fazer um planejamento acurado de viagem de acordo com sua disponibilidade e suas características (idade, estado físico, etc.) para evitar um stress desnecessário. Não há por que temer mal tempo. No pior dos casos, dirija com mais cuidado e mais de vagar. Se o tempo estiver muito ruim, há sempre a opção de finalizar a etapa mais cedo.

Desejo a você uma ótima viagem e muitas realizações durante o trajeto. E aguardo com curiosidade pelo relato de sua viagem aqui.

Motoabraços!! :-)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização