Quase 9h de sexta-feira recebi no celular uma mensagem me convidando para ir de moto a Pomerode no dia seguinte. Naquele esquema, vai, curte a festa e volta. Não tenho mais esse pique, talvez há vinte anos desse.

Fui rapidamente para a internet tentar achar um hotel. Tarefa difícil, a festa é famosa e os hotéis lotam com meses de antecedência. Acabei reservando um em Indaial (SC), as cidades em volta também lotam.

No dia seguinte marcamos no posto. Tanque cheio, pneu calibrado e moto na estrada, eu de Bonneville e meu colega de Ultra Glide, descendo a Serra do Mar de Curitiba para Pomerode pela BR-376 que vira BR-101.

Na serra, atenção dobrada, muitos caminhões, dois pedágios, um acidente e no final, chegando a Joinville, uma pausa para alongamento e café.

Viagem de moto Pomerode

Um pouco mais pra frente, já na BR-101 pegamos o acesso para a Rodovia do Arroz. O nome se justifica pelas plantações verdinhas dos dois lados. Tive que parar e fazer fotos da enorme plantação com a Serra e o céu azul ao fundo.

Chegando a Indaial, fomos direto pro Hotel Indaial. Simples, barato e limpo. Tomei um banho, descansei um pouco e toquei pra Pomerode, que ficava a 12 km de distância.

A festa é tipo uma Oktober, só que mais tranquila. Dura quase vinte dias, mas o auge ocorre nos fins de semana. Muitas famílias, trajes típicos, musica típica, desfiles e comilança. Preço de festa, nada muito barato, mas tudo acessível. Eu queria comer um de cada.

Viagem de moto Pomerode

O ponto alto são as competições de serrar tora de madeira e comer salsichão. A galera enlouquece, grita, torce e a gente entra no clima.

Voltamos pro hotel depois da meia noite (A festa vai oficialmente até 4h30) com muito cuidado, o asfalto estava molhado e tem a galera que bebe e sai para dirigir.

No dia seguinte, café da manhã de hotel (mais comilança). Optamos por voltar direto. Eu preferia comer um camarãozinho no litoral, mas tá. Estrada cheia, a volta de Camburiu para Curitiba é bem movimentada, mas é só tocar tranquilo.

Se gostei? Já entrei na internet procurando a data da festa do ano que vem...

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

Gosto muito de andar pelo Sul. Estive em Pomerode. Ficou a vontade de voltar um dia para a festa. Abç!

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livro sobre viagem de moto até o Atacama