Vale dos Vinhedos

E lá fomos nós para Santa Tereza!

O sábado, 23 de agosto, amanheceu espetacular em Porto Alegre. Verdadeiramente convidativo para passeios, motos, estradas e tudo mais que se tem direito, quando esquece-se de si mesmo e nos permite um final de semana ao bom estilo ... verão. ​

Combinei com o amigo Paulo Figueiredo de nos encontrarmos no Posto Laçador, que é o ponto de encontro dos motociclistas de Porto Alegre. De lá todos os destinos são muito bem aceitos e animadamente comemorados por todos.

Bem cedo, um grande número de motociclistas já se aglomerava em volta das máquinas, que não paravam de chegar. Vários deles aguardavam os respectivas parceiros de estrada, cada qual ao seu estilo e loucos para pegar a estrada. A partir das nove horas, o ronco dos motores já era muito presente e estridente. O arruma aqui e ali era bem visível antes de começar a dispersão.

Assim, também seguimos para o nosso destino, deixando para trás o Monumento ao Laçador e o aeroporto. Pouco a pouco as cidades de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Portão, Bom Princípio, Carlos Barbosa e Garibaldi também foram passando durante nosso passeio de moto. pelo Vale dos Vinhedos.

Viagem vale dos vinhedos

Pouco antes de Bento Gonçalves, a 146 km de Porto Alegre, entramos à esquerda na estrada que leva para Santa Tereza, que é também denominada Estrada do Sabor. É do tipo romântica, estreita e com descidas bastantes íngremes. Muitas capelas, casas antigas, muito verde e uma abundância de morros, vales, parreiras de uvas, lojas de antiguidades e de produtos coloniais. É quase impossível não parar ao longo da estradinha para contemplar as belezas que se estendem no horizonte.

A região possui na paisagem um de seus mais belos patrimônios. São morros, colinas, vales e rios que constituem um ambiente com inúmeras opções, atividades e possibilidades de visitação. Todo o caminho é ladeado por parreirais, onde os trabalhadores e máquinas tratam da próxima safra de uvas e de vinhos. O turismo é intenso e, por todos os lados, ônibus, veículos e diversos grupos de pessoas se deslocam de uma para outra vinícola, para os hotéis, etc...

Viagem vale dos vinhedos

Tudo isso ao longo dessa estradinha.

Logo a seguir é necessário dobrar novamente à esquerda e começar a descida para Santa Tereza. Nesse ponto chamam a atenção duas imensas torres de uma Igreja que se destaca na ponta de um morro. A igreja na verdade pertence ao município vizinho a Santa Tereza, cujo nome é Monte Belo do Sul. Obviamente que, pela proximidade, Monte Belo também passa a constar na agenda de visitações.

E chegamos a Santa Tereza, onde tivemos uma boa surpresa. Trata-se de município tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, com casarões bem preservados. As ruas da cidade indicam a calmaria que deve predominar no local. Uma imponente igreja se destaca em meio aos casarões nas poucas ruas da cidade. Mais adiante uma ponte metálica exuberante com uma excelente proteção permite aos turistas fazerem a travessia sobre o Rio Taquari.

O sol estava escaldante, com os termômetros batendo os 36º e o grande relógio da igreja indicava que estavam faltando quarenta minutos para o meio dia.

Viagem vale dos vinhedos

Em pouco tempo, conseguimos explorar a lindíssima Santa Tereza. Um belo lugar.

No Rio Taquari existe uma prainha que ,segundo soube, em dias de verão, principalmente aos domingos, passa a ser o melhor lugar do mundo para os moradores da localidade.

Cumpridos todos os roteiros, hora de parar para almoçar, tomar uma água, descansar e se refrescar um pouco. Mas para nossa surpresa, estava tudo fechado. Os bares, o supermercado, uma lancheria e um outro local que deveria funcionar como restaurante, tudo com portas cerradas. É, o povo de Santa Tereza respeita muito a hora da sesta.

Então, pegamos estrada novamente e fomos para Monte Belo do Sul, a cidadezinha onde fica a igreja com as torres que chamaram nossa atenção. A cidade foi colonizada por imigrantes italianos a partir de 1877 provenientes de Udine, Mantova, Cremona, Veneza, Vicenza, Treviso, Bérgamo, Modena e Beluno. É também uma cidade pequena, com uma praça central cheia de placas comemorativas e também uma imponente igreja Matriz, Paróquia São Francisco de Assis, padroeiro do Município, que foi criada em 12 de fevereiro de 1889.

Destacam-se também alguns casarões em ruas tranquilas e bem floridas, que recebem cuidados especiais por parte da administração municipal e da população.

Viagem vale dos vinhedos

Na praça encontramos um grande número de motociclistas que descansavam sob as árvores, abrigados do sol e do calor que estavam muito fortes. Eram componentes do Moto Grupo Amigos, de Novo Hamburgo.

Depois dos cumprimentos, nos informaram que iriam descer para Santa Tereza para almoçar, pois não encontraram um restaurante em Monte Belo. Falamos também da dificuldade lá, ao que convencionamos almoçar em Bento Gonçalves ou Garibaldi, que dali distam muito pouco.

Retornamos para a estrada e fomos para Garibaldi, onde almoçamos no Restaurante do Avião. Em sua volta também tem posto de gasolina, hotel, lancheria, peças e acessórios tudo com temática em homenagem ao Douglas DC-3 prefixo PP-VBT, que foi utilizado pelo ex presidente e então Senador Juscelino Kubitschek (JK), durante a campanha pelo "SIM" no plebiscito pelo parlamentarismo/presidencialismo que ocorreria em 03 de janeiro de 1963. Este avião, cuja aquisição de deu pela VARIG no ano 1950, foi vendido para empresários de Garibaldi no ano 1970 que o transformaram em bar.

Viagem vale dos vinhedos

Devidamente almoçados, começamos o retorno para Porto Alegre, agora com os relógios marcando 15h30 e o sol parecendo estar mais escaldante ainda.

Na estrada, encontramos um grande número de motociclistas descendo da serra para a cidade de Estância Velha, onde estava acontecendo o Moto Estância.

Resolvemos dar uma passada no Moto Estância também, que se encontrava lotado e com muita animação. Este evento estava acontecendo na praça principal da cidade e, pela movimentação, estava prometendo muito para o entardecer e consequentemente para a noite afora. Aquele encontro passou imediatamente a constar da nossa agenda. O Paulo Figueiredo resolveu ficar em Estância Velha e eu rumei para casa.

Fim de mais um grande passeio. Conhecemos novos e ótimos lugares e enchemos os alforges com novos conhecimentos. Como sempre, também fizemos novas amizades e a certeza de que os caminhos do Rio Grande do Sul sempre nos reservam paisagens, acontecimentos e eventos que devem ser compartilhados com todos.

Fotos e Relato: Gilberto Cesar Oliveira
Com Destino

Última modificação: Qui 9 Fev 2017

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres