Arenito de Vila Velha e Cânion Guartelá

Uma região privilegiada por belezas naturais e paisagens cênicas, e por isso, referência no turismo paranaense. Ponta Grossa vem se destacando não só pelos seus conjuntos areníticos, como o de Vila Velha, mas também por outros atrativos de acesso mais difícil que surgem em meio aos campos gerais da Serra de Itaiacoca, que se eleva nos entornos do município. A cidade mescla a simplicidade da vida do campo com as atividades industriais em seu setor urbano. Por estar localizada no maior entroncamento rodoferroviário do sul do país, é o segundo pólo industrial mais diversificado do Estado do Paraná.

Além de Ponta Grossa, a região dos campos gerais reserva muitas outras atrações dignas de se conhecer. Separamos algumas horas da nossa viagem de moto pelo Sul do Brasil para conhecer a histórica cidade de Castro, em uma região marcada pela influência do tropeirismo e sede do maior cânion do brasil.

Viagem de moto Paraná - Caniom 08

Confira abaixo os principais pontos visitados:

Parque Estadual de Vila Velha

Viagem de moto Paraná - Vila Velha

Criado em 12 de outubro de 1953, o local é o principal pontos turísticos de Ponta Grossa. Tendo uma área superior a 3 mil hectares e com uma rica e variada fauna, o parque é formado por três atrações: os arenitos, as furnas e a Lagoa Dourada. Aberto de quarta a segunda-feira das 8 às 17h30min, o pacote de entrada pode ser dividido em furnas, arenitos e Lagoa Dourada, furnas e Lagoa Dourada, ou apenas os arenitos.

Os arenitos da Vila Velha foram formada na gondwana, continente único e recoberto por gelo que existiu há 340 milhões de anos. Com o deslocamento das placas tectônicas os continentes foram se separando, surgiu então o Oceano Atlântico, entre a América e a África, e o degelo revelou o que jazia perene sob sua superfície.

Tudo ao seu redor sofreu alterações devido às intempéries, e ele permaneceu ali, forte, também afetado pela água da chuva, que o esculpe paulatinamente, porém mais resistente do que o resto devido ao óxido de ferro e outros metais que o compõem.

Com relação às três furnas existentes no parque (distantes 3 km dos arenitos), são crateras abertas devido à grande quantidade de chuvas, resultando no desabamento de um teto de arenito. Em seu fundo pode haver água, resultado do lençol freático que infiltra pelas paredes porosas, ou simplesmente uma densa mata. Em uma das furnas encontra-se um elevador belga da década de 1930, hoje desativado, no qual se descia os mais de 50m até o fundo.

Já a Lagoa Dourada está situada cerca de 10 minutos (de ônibus) a partir do estacionamento das furnas. Com 320 metros de diâmetro e com profundidade nunca superior a 3 metros, tem a mesma origem das Furnas, havendo uma ligação subterrânea entre elas através de um lençol freático. O nível de sua água é o mesmo das furnas, ocorrendo porém um desnível do solo, razão pela qual as mesmas se constituem em crateras profundas. Contêm peixes como traíra, tubarana, bagres, carpas e tilápias que utilizam a área para reprodução.

Localização/acesso: São 16 km a partir do centro de Ponta Grossa pela BR-376.

Capão da Onça

Viagem de moto Paraná - Capão do Onça

O Capão da Onça é uma espécie de balneário natural com cachoeiras e piscinas. Por estar localizado em uma propriedade particular é cobrada uma taxa de R$ 5,00 por pessoa para visitação. Os visitantes podem trilhar as margens do rio da Onça, que em seu curso de águas serenas oferece sequências de pequenas cachoeiras e poços para banho, sempre com uma água que, de tão translúcida, reflete as nuvens do céu feito o mais cristalino espelho.

Localização/acesso: o acesso ao Capão da Onça é feito pela Rodovia do Talco.

Cachoeira da Mariquinha

Viagem de moto Paraná - Cachoeira

Só pelo trecho de terra entre Passo do Pupo e o sítio que sedia a cachoeira da Mariquinha rende belas fotos. O percurso passa por uma zona rural, em uma região privilegiada da Serra de Itaiacoca. Mediante um pagamento de R$ 5,00 o turista é autorizado palmilhar a trilha em uma mata densa, porém de fácil percurso. São cerca de 30 minutos de caminhada. No final da trilha o visitante é contemplado com uma belíssima cachoeira com cerca de 30 metros de altura, formada pelo rio Quebra Perna.

Localização/acesso: O acesso é através da Rodovia do Talco até o distrito Passo do Pupo, e mais 10 km de estrada de terra e areia.

Cânion e Cachoeira do Rio São Jorge

Viagem de moto Paraná - Cânion Guartelá

Localizados em uma propriedade particular com uma infraestrutura para camping e restaurante, há uma trilha que segue o curso do rio São Jorge, que desliza entre as rochas e forma inúmeras cachoeiras, sendo a principal no final do percurso. Com um canhão d'água de 25m, no topo da cachoeira é possível observar todo cenário deslumbrante do cânion. Existe uma trilha íngreme pouco adiante, onde é possível descer e admirar os 43 metros de queda da segunda parte da cachoeira.

Localização/acesso: O acesso é realizado rumo ao bairro Rio Verde, adentrando a Vila San Martin pela estrada Arichernes Carlos Gobbo.

Buraco do Padre

Viagem de moto Paraná - Cânion Guartelá

Seu nome está relacionado à história dos jesuítas que meditavam no local com a finalidade de evangelizar os índios da tradição Umbu. Também tinham o costume de subir ao platô para meditação e descanso. Apesar de apresentar-se como uma espécie de "anfiteatro subterrâneo", o Buraco do Padre é uma furna, com 30 metros de diâmetro, tendo acesso através de uma fenda lateral em sua base. Em seu interior há uma imponente cachoeira com cerca de 10 metros, formada pelo rio Quebra Perna. Realmente é um lugar único.

Viagem de moto Paraná - Caniom

Localização/acesso: Acesso a partir da Rodovia do Talco, e na sequência por estrada de terra. Dista 26 km do centro da cidade de Ponta Grossa.

Cânion Guartelá

Viagem de moto Paraná - Cânion Guartelá

Situado entre os municípios de Castro e Tibagi, no Paraná, o Cânion Guartelá está encravado na escarpa que separa o primeiro do segundo planalto paranaense. É considerado o 6º maior do mundo e o maior do Brasil. São cerca de 30 km de extensão com um desnível superior a 400 metros de altura. Parte do cânion está dentro do Parque Estadual do Guartelá, que tem com inúmeras atrações naturais: formações areníticas, vales profundos, sumidouros e quedas d'água. Todos podem ser visitados através de trilhas.

Localização/acesso: O Parque está situado a cerca de 40km de Castro e a 19km de Tibagi, tendo acesso pela PR-340.

Fonte: www.rota2aventura.com

Viagem de moto Paraná- Cânion

Última modificação: Qui 9 Fev 2017

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
  • Nenhum comentário encontrado

Conteúdo relacionado - Viagens pelo Brasil