Entrar

Documentos para uma viagem pela América do Sul

Olá amantes de viagens sobre duas rodas. Esta semana vamos falar sobre a documentação necessária para uma viagem de moto pela América do Sul.

Antes da nossa primeira viagem, pesquisamos bastante para saber quais documentos seriam necessários. Encontramos muita, mas muita informação e uma grande variedade de relatos e opiniões. Então, precisamos aprofundar a pesquisa e separar o que era realmente necessário do que era dispensável, como, por exemplo, a certidão de nascimento.

O que seria, então, realmente necessário? Vamos mencionar um documento de cada vez, começando pelo PID – Permissão Internacional para Dirigir. Este é o principal item para quem pretende conduzir fora do Brasil, pois é nada mais, nada menos, que nossa habitual habilitação traduzida em outros idiomas (tanto que a validade dele é a mesma da nossa CNH). Para encontrar informações sobre como obter o PID, sugerimos pesquisar no site do Detran do seu Estado, pois para cada localidade as opções mudam. Aqui em SP, por exemplo, eu preenchi uma solicitação on-line (no site do Detran), paguei uma taxa no Banco do Brasil e retirei o PID numa unidade do Poupatempo. Lembrando que não é um documento obrigatório, mas de suma importância no caso de uma solicitação na aduana ou órgão de trânsito local.

O próximo documento importante é a Carta Verde, seguro obrigatório para quem pretende ingressar nos países do Mercosul, com cobertura contra danos materiais e corporais contra terceiros. Para contratar, basta procurar um corretor de seguros. Importante ressaltar uma nova obrigatoriedade Chilena para todos os motociclistas estrangeiros que circulam por aquele país, trata-se da SOAPEX, sigla para Seguro Obligatorio de accidentes Personales Causados por Vehículos Motorizados Con Matrícula Extranjera. Para maiores informações, consultem o link a seguir que abrange de maneira bem completa todas as peculiaridades dessa nova solicitação: www.viagemdemoto.com/dicas-para-viagens/2528-soapex-seguro-para-transitar-com-sua-moto-no-chile

Apesar de não ser obrigatória, a contratação de um seguro de viagem pessoal também é importante, pois por meio desta proteção é possível obter atendimento emergencial em situações de acidente ou doenças. As demais coberturas variam de seguradora para seguradora e para contratar também basta procurar um corretor de seguros.

Outro documento não obrigatório na América do Sul, mas que aconselhamos ter porque uma hora ou outra pode haver uma epidemia de febre amarela ou outras doenças em determinado lugar, é o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Antes de obtê-lo é necessário ir até um posto de saúde credenciado (ou uma clínica particular) e tomar a vacina contra a febre amarela (ou outra doença). Depois, é preciso fazer um cadastro no site da Anvisa (http://www.anvisa.gov.br/viajante/) e ir até um Centro de Orientação ao Viajante (http://portal.anvisa.gov.br) com o comprovante da vacina e um documento pessoal.

Por fim, recomendamos também levar o passaporte ou RG e os demais documentos com os quais já estamos acostumados: CNH brasileira e CRLV da moto, e no caso desse último, o documento deve estar em nome do condutor ou garupa. Se estiver em nome de outra pessoa ou empresa deve ser obtida autorização do proprietário ou representante legal, autenticada em cartório e na(s) embaixada(s) do(s) países que irá visitar. Eu já visitei Argentina e Chile com moto financiada e só autentiquei o documento no cartório, não tive problema com a falta de autenticação nas embaixadas.

Bom, com toda essa documentação em mãos, é só esperar a hora de acelerar. Em nosso próximo encontro no site, vamos abordar a importância de se preparar previamente com relação à moeda do local a ser visitado.

Rodrigo Fernandes & Érika Fernandes

Comentários (2)

  1. hederaldo luiz bertasse

adorei , esta esclarecendo muitas duvidas , ano que vem irei passear fora do brasil e todas as informações sera muito bem vindo

  1. Rodrigo Fernandes    hederaldo luiz bertasse

E ai meu amigo. <br /><br />Se precisar de mais informações é só me perguntar. Fui ao Atacama no ano passado e tenho tudo anotado.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização