Entrar

Paraty - a cidade

  • Categoria: Rio de janeiro
Viagem de moto até o Rio de Janeiro - Paraty

Enfim, a chegada triunfal! A antiga Vila de Paraty também ficou conhecida pela qualidade de suas cachaças, já que com o fechamento da Estrada Real os moradores da região não recebiam mais os viajantes a caminho do porto que foi desviado para o porto de Angra dos Reis. Então, partiram para esta fonte de renda artesanal. Só entre os anos de 1940 e 1950, com a chegada dos primeiros automóveis e a abertura da Rio – Santos, Paraty começou a ser vista pelos paulistas com olhos para o turismo, o que fixou novamente a economia da região que já se encontrava em séria decadência.

Encontramos, lógico que mediante reservas, pousadas muito aconchegantes com diárias em torno de R$70,00 incluindo café da manhã supimpa.

Fora da alta temporada os passeios de barco custam em média R$30,00 por hora, ou você pode encontrar por até R$120,00 por um período que vai das 10h da manhã até as 16h ou 17h da tarde, de acordo com o barqueiro. Vale a pena, pois Paraty não possui muitas praias para banhistas. O mais legal é sair de barco para mergulhar e conhecer as lindas praias da região.

Não deixe de conhecer a vila de Trindade. Existem opções baratas de refeições diurnas e jantares, além de praias muito limpas e bem cuidadas pelo povo local que é muito hospitaleiro. As melhores praias para o surfe estão lá, além de muitas opções de esportes como mergulho, rapel etc...

Se quiser gastar as economias não faltam opções.

Passamos 3 dias em Paraty. A volta foi rápida e tranquila, pela Rio – Santos e fizemos apenas uma parada em São Sebastião para o almoço. Percorremos aproximadamente 320 km.

Apesar dos problemas encontrados na moto após a compra, o custo foi relativamente baixo. A mesma viagem poderia ter sido feita com motocicletas menores, porém, planilhando bem as paradas e considerando o conforto para que a viagem não se torne um martírio e para que a diversão não se torne frustração, no final fizemos uma boa escolha da motocicleta.

Resumindo, as contas foram:
  • Gasolina: R$170,00
  • Pedagios (Dutra) R$15,00
  • Hospedagem: R$210,00
  • Alimentação: R$250,00 (incluindo as bebidas. Pô, cidade da cachaça, fazer o que né...).

Executamos projetos de restauração de motocicletas de qualquer marca, ano ou modelo. Se você tem uma ideia como esta, o sonho de fazer uma viagem para qualquer parte do mundo, tem uma moto velha e não confia em colocá-la na estrada, entre em contato. Vamos planejar juntos.

Fizemos um vídeo com um resumo das imagens registradas em nossa viagem de Itanhaém, litoral de São Paulo, até Paraty, no Rio de Janeiro. Esperamos que gostem.

André Santos – Elisabete Novais.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
ALS ADVENTURE
A VIDA SIMPLES E COM MAIS PRAZER.

Comentários (0)

Não existem comentários postados aqui ainda.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização