Entrar

Circuito Cunha - Paraty

  • Categoria: Rio de janeiro
Viagem de moto entre Cunha e Paraty

No dia 23 de Março saímos eu e mais 3 amigos para fazer o circuito "Cunha - Paraty" por um roteiro diferente. O grupo estava bem eclético para esta viagem de moto: eu de Ténéré 660, Fernando com uma Harley, Léo com uma BMW GS 800 e Eduardo com uma Buell.

Eu e Fernando saímos do Rio de Janeiro, Léo e Eduardo saíram de Volta Redonda e nos encontramos em Bananal, de onde saímos por volta das 11h30.

Seguimos pela Rodovia dos Tropeiros (SP-68) até Silveiras, passando por Arapeí, São José do Barreiro e Areias. Fizemos uma boquinha em Silveiras e seguimos em direção a Cunha. Nesse trecho começa a parte sinuosa da estrada, com muita subida e muitas curvas. Um visual deslumbrante da serra da Bocaina do lado esquerdo e em alguns trechos avista-se a serra da Mantiqueira do lado direito, um verdadeiro cartão postal.

Passamos por 8 km de estrada de terra entre Macacos e Campos Novos de Cunha. Este trecho era a grande preocupação das motos street, porém a estrada é bem conservada e os trechos em aclive são calçados com bloquetes. Dificuldade vencida sem problemas.

Rumamos em direção a Cunha, onde paramos para um abastecimento e depois seguimos para pegar o famoso trecho Cunha - Paraty.

Viagem de moto Cunha Paraty

A temperatura estava fria com o termômetro marcando 14 graus e o tempo fechado no alto da serra, com neblina. Infelizmente, devido ao tempo fechado, pouco pudemos desfrutar do visual maravilhoso desse trecho, literalmente entre o mar e a montanha. Cabe ressaltar que essa estrada é uma estrada parque, pois ela passa dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina.

Chegamos a Paraty por volta das 18h e seguimos direto para o hotel. Total percorrido saindo do RJ - 396 km.

No dia seguinte, todo mundo relaxado, café da manhã até ás 10h30, muita conversa, um rolê pelas praias e às 11h30 iniciamos o nosso retorno pela estrada Rio - Santos (BR 101).

Viagem de moto Cunha Paraty

Paradas para abastecimento, pastel, rumamos juntos até um pouco antes da cidade de Angra dos Reis, onde Léo e Eduardo pegaram o acesso para as cidades de Lídice e Rio Claro (RJ 494) e de lá para Volta Redonda. Eu e Fernando continuamos pela Rio - Santos, curtindo aquele mar maravilhoso de Angra de um lado e a Serra do Mar do outro até chegar ao Rio de Janeiro, totalizando 626 km de um percurso onde a natureza é deslumbrante.

Este circuito normalmente é feito pela via Dutra (BR 116) até Guaratinguetá e desta com pouco mais de 50 km chega-se a Cunha. Entretanto, nosso objetivo é sempre buscar caminhos alternativos.

Valeu muito e recomendo.

Comentários (0)

Não existem comentários postados aqui ainda.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização