Colors: Orange Color

No dia 23 de Março saímos eu e mais 3 amigos para fazer o circuito "Cunha - Paraty" por um roteiro diferente. O grupo estava bem eclético para esta viagem de moto: eu de Ténéré 660, Fernando com uma Harley, Léo com uma BMW GS 800 e Eduardo com uma Buell.

Meu objetivo era conhecer dois destinos muito conhecidos do Estado do Rio de Janeiro com a minha “Grampola”, uma Yamaha Fazer 250cc: Ilha Grande e Paraty. Meu percurso era simples: Belo Horizonte, Santos Dumont, Angra dos Reis (Ilha Grande), Paraty, Trindade e depois retornar para Santos Dumont e finalizar em Belo Horizonte.

Entre os dias 21 e 30 de março, eu e dois amigos do Moto Grupo Motobelle Adventure fizemos uma viagem de moto de 3.500 km de nossa cidade, Goiânia-GO, até Rio das Ostras-RJ para participarmos do Ostrascycle 2015, encontro internacional de motociclistas. A seguir eu descrevo o dia a dia dessa viagem, os lugares que visitamos e a nossa participação no evento.

Saí de São Paulo capital, por volta das 7 horas da manhã do dia 15 de Fevereiro de 2015, um domingo de carnaval, com destino a Búzios no Rio de Janeiro. Mas para entender o porquê dessa viagem, vamos voltar no tempo quatro meses antes, quando ela foi desenhada pela vida, mas principalmente, uma recompensa por boas ações.

Meu nome é Ezequiel Pereira de Souza, sou estudante de Engenharia Elétrica e amo motocicleta desde meus 16 anos, quando ingressei como ajudante de uma oficina de motos na pequena cidade de Condeúba – BA.

Sempre fui fissurado por montar e desmontar “coisas”, para ver como funcionava ou simplesmente para ver como era por dentro. Assim, tive facilidade para trabalhar na pequena oficina de um amigo, Jair. Foi lá também que dei minha primeira volta de moto, na garupa, é claro.

A motocicleta é um veículo que serve de válvula de escape para grande parte de nossos problemas. Nada como um passeio de moto nos finais de semana para espairecer. Sempre temos opções de conciliar uma agradável viagem com um bom Encontro de Motos. Este é o caso de Rio das Flores, localizada no Vale do Paraíba e que teve sua época áurea no ciclo do café.

O carioca Maurício, conhecido como Jucabala, tem uma Yamaha Fazer 250cc e está sempre na estrada com sua moto. Depois das viagens ele registra os acontecimentos, os lugares e, principalmente, muitas belas fotos em seu blog Estrada e Liberdade.

Enfim, a chegada triunfal! A antiga Vila de Paraty também ficou conhecida pela qualidade de suas cachaças, já que com o fechamento da Estrada Real os moradores da região não recebiam mais os viajantes a caminho do porto que foi desviado para o porto de Angra dos Reis.

Pagina 1 de 2

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.