Ao deixar a cidade de Salta, rumo a Tilcara, aproveitam-se as diferentes versões dos Andes. Nesse trecho, a escolha foi seguir pela RN9, sentido El Cármen. É uma estrada sinuosa e com vegetação abundante, denominada "cornisa", com 70 quilômetros, morro acima.

Valeu a pena a dor nos braços decorrente de tantas curvas.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9: Salta – Jujuy (Ruta de las Cornisas)

Após a cidade de Jujuy, e subindo ainda mais, em excelente estrada, porém com diesel derramado em muitas de suas curvas (essa estrada é parte do corredor interoceânico da América do Sul, e os caminhões estão com os tanques cheios nesse trecho inicial).

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9: Salta – Jujuy (Ruta de las Cornisas)

No cruzamento da RN9 (sentido Norte: La Quiaca-Bolívia) e RN52 (sentido Oeste: Paso de Jama-Chile) uma preocupação: um aviso da polícia rodoviária informava que o Paso de Jama (distante ainda 250 km) estava fechado no lado chileno em consequência de acúmulo de neve. O acompanhamento pela internet desse fato tornou-se prioritário, pois no dia seguinte esse seria o caminho. Até lá, aproveitar o que podia ser aproveitado.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9 – Jujuy – La Quiaca

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9 – Jujuy

Tilcara, Maimara, La Quiaca e redondezas, nas alturas da Puna argentino-boliviana, na RN9, destacam-se as belas paisagens de Maimara, pequena cidade vizinha a Tilcara. O que se avista são casas simples em um vale verde emoldurado por montanhas que parecem ter sido pintadas por algum artista. Já os morros que cercam Tilcara têm um visual mais comum.

O charme fica por conta da cidade, seus bares e restaurantes bem apresentados e com muita personalidade. Quase tudo em rípio escorregadio e em aclives e declives. É necessário cuidado. Há também uma boa oferta de acomodações.

Foi escolhido o Las Marias, um hotel boutique bastante confortável.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9 - Maimara

À noite, passeio pela feirinha na praça e seus produtos multicoloridos. Lá, também estava o grupo de 8 motociclistas cordobeses, que também pernoitou na cidade. Havíamos nos encontrado nas proximidades de Tilcara. Retornavam da Bolívia (salar de Uyuni), todos sofrendo o mal da altitude.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
RN 9 - Tilcara

Disseram ter sofrido o efeito da altitude, com dores de cabeça fortes e que determinou parar em hospitais para serem "oxigenados". Utilizavam BMW GSA, Super Tenere e KTM, 1200 cc. Todas tiveram rápidos problemas de falta de potência em certos trechos mais altos do roteiro. Deram boas dicas de segurança sobre a Bolívia e a dificuldade enfrentada para abastecer as motos em razão de serem estrangeiros. Tiveram que pagar quase três vezes mais pelo produto, após "convencer" o frentista. A polícia rodoviária também deu algumas "mordidas" pelo caminho. Estavam equipados com reservatórios extra para combustível. Para eles, a hospedagem no hotel de sal de Uyuni foi o que lhes chamou mais a atenção, pela beleza e ineditismo.

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Tilcara

Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Viagem de moto Bolivia Chile Argentina
Purmamarca – Cierro de Los Siete Colores

No trecho entre as cidades de Volcán e La Quiaca constata-se a construção/reativação de ramal ferroviário, cuja inauguração está prevista para o segundo semestre de 2019. Trata-se da infraestrutura ferroviária para a utilização de trem movido a energia solar: o primeiro da América Latina; o segundo, do planeta. O primeiro é na Austrália.

No jantar, o tradicional locro, acompanhado de chá de coca, para evitar a puna no trecho ainda mais alto do dia seguinte, rumo a conquista do primeiro paso: La Quiaca/Villazon. Entretanto, se a folha de coca ajuda a combater o “mal da altitude”, a água com o qual foi preparado contribuiu para provocar o “mal da baixitude”, despertando a ira e a Vingança de Montezuma, cuja solução se torna mais complexa em decorrência do frio ambiente, do vento forte, da escassez de vegetação nas margens da rodovia e das sucessivas camadas de proteção sobre o corpo. Paciência, precisão e muita rapidez.

Buenas noches.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.