Pois é pessoal, como havia comentado antes, na ida para Caleta Olivia desviamos um pouco a rota e fomos para Punta Tombo, onde tem a maior colônia de pinguins da Patagonia. Tem pinguim para todos os gostos, pinguim grande, pequeno, filhote, pinguim morto, ovo de pinguim... Só não encontramos o pinguim do Batmam. Brincadeira pessoal.

Para quem gosta da natureza, o lugar é imperdível. A gente passa simplesmente pelo meio da colônia. De acordo com a linda guia que nos atendeu, são 300 hectares de reserva da mais pura beleza. Eu, que nunca havia visto um pinguim na natureza, me deslumbrei quando vi milhares deles nadando entre os rochedos da praia. Parecem torpedos, de tão velozes que são. Nem o Cezar Cielo seria capaz de competir com o mais fraco deles.

Havia prometido a todos aos meus amigos que nadaria no mar gelado junto com os pinguins, levei até calção de banho. Para minha sorte, os guardas do parque não deixaram. Espero que nenhum amigo venha me rotular de medroso, não tive culpa de ter fracassado.

Nessa reserva, alem dos pinguins, tem guanacos (parente da Lhama), muitos roedores, aves terrestres, etc. Acredito que tenha muitos predadores (embora não tenha visto nenhum), pois existem milhares e milhares de filhotes totalmente vulneráveis enquanto os pais vão para o mar buscar comida.

Pois é, para quem gosta da natureza, essa é uma boa pedida. Punta Tombo fica depois de Trelew, algo como 60 km. Depois sai da Ruta 3 e entra na Ruta que leva ao parque, são mais 60 km, sendo que dentro do parque é o famigerado rípio (somente para moto custom).

Depois dessa visita, rumamos para Caleta Olivia, onde tivemos a sorte de encontrar um bom hotel com bom preço, com boa comida.

A partir de amanhã começarei a publicar fotos no site.
Até amanhã.

Saída de Puerto Madryn/AR para Caleta Olivia/AR: 6 horas – 690 Km - Duração do trecho: 13 horas (essa demora foi porque fomos à pinguineira)

Combustível: R$ 180,00
Alimentação: R$ 111,00
Hospedagem: R$ 208,00
Manutenção: R$ 0,00
Diversos: R$ 180 – Passeio em Punta Tombo (pinguineira)

Comentários (2)

This comment was minimized by the moderator on the site

Aiiii que legal Elieuza bem no meio dos pinguins , e um sonho uma viagem dessa. bjos pros 2.

This comment was minimized by the moderator on the site

Aiiii que legal Elieuza bem no meio dos pinguins , e um sonho uma viagem dessa. bjos pros 2.
A Elielza estava com mais medo do frio, do que qualquer outra coisa. Não sabia ela que nesse lugar encontraríamos o maior calor da Patagônia, por isso os pinguins e seus ninhos.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.