Entrar

16º dia: Mendoza - Rosario

  • Categoria: PHDs do gelo

Dormimos em um apart hotel muito bom em Mendoza, chamado Premium Tower, que fica bem perto da San Martin. Diferentemente do Hostal El Borrico em Viña del Mar, neste havia mais luxo, um bom café da manhã e não cheirava a cigarro em todo canto. Mas certamente, nem de perto, ganhou a nossa preferência.

Saímos tarde. Aproveitamos para descansar mais um pouco e tomar um bom café da manhã. O que atrapalhou também foi que há uma diferença de uma hora no fuso horário da Argentina em relação ao Chile.

10h05min na estrada em direção a Rosário. Na saída de Mendoza, deu para perceber que se trata de uma cidade bonita e arrumada. Planícies de um lado e a Cordilheira dos Andes do outro logo ali. Muito bonito. Lugar para voltar com mais calma. Nos arredores, passamos por diversas plantações de uvas que cobriam as vastas áreas próximas a estrada.

GPS setado, estradas boas e fomos em direção a Rosário. Desta vez mantivemos um ritmo mais forte do que estávamos acostumados. Andávamos entre 130 e 140 km/hora na velocidade de cruzeiro. Facilitado pois estávamos de volta às longas retas e com estradas muito boas. Às vezes duplicadas e às vezes não!

Passamos por algumas cidades pequenas argentinas e percebemos todas elas razoavelmente bem arrumadas e dignas. A temperatura estava agradável. Acredito eu que regulava em torno dos 10 graus.

Chegamos a Rosário já de noite (passava das 20 horas). Pegamos duas horas de noite ao final da viagem, depois de percorrer 901 km. Mas estávamos em um estrada duplicada e bem sinalizada, o que nos tranquilizou bastante. Aliás, tanto na Argentina quanto no Chile não tivemos em nenhum momento sensação de insegurança. Boas estradas, bem policiadas e sinalizadas. Muito tranquilo. Parece que aventura mesmo, infelizmente, é viajar pelo Brasil.

Rosário é grande. Cidade com mais de 1 milhão de habitantes. Chegamos cansados, fomos ao centro e pegamos um hotel indicado pelo GPS ali perto. Tranquilo e muito bom!

Check-in feito, o Alberto foi descansar e eu e o Max fomos jantar ali por perto. Demos sorte, pois em meio à confusão devido a comemoração da primeira vitória da Argentina na copa com um gol do rosarino Messi, comemos um bife de chorizo argentino que vou me lembrar por muito tempo!!

Neste dia não tiramos foto.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização